Connect with us

Destaque HOME

Prefeita mente sem pudor na busca por votos para seus candidatos em Ibirajá

mm

Publicado

em

O candidato só ganhará o voto do eleitor quando este se convencer das vantagens de votar nele. Mas, para convencer as pessoas a mentira não deve fazer parte do jogo. Que isso fique bem claro para a prefeita de Itanhém, Zulma Pinheiro (MDB).

Na noite do último sábado (29), a prefeita foi ao distrito de Ibirajá, acompanhada do seu irmão Álvaro Pinheiro – que é o secretário da Educação – pedir votos para seus candidatos.

Se levar em conta que um ato político numa determinada localidade só é considerado grandioso quando a população dali participa ativamente, o evento foi um fiasco ou quase isso. Teve até uma carreata, mas graças a participação de automóveis de outras localidades, como Itanhém, Salomão e Curvelo da Conceição.

Para falar com o pequeno público que se reuniu em frente à casa de seu maior aliado político naquele distrito, o vereador Gelson Picolli (PSDB), na Rua São Geraldo, a prefeita subiu em uma cadeira e fez um discurso carregado de sofisma e muita mentira.

“Estamos aí trabalhando incessantemente”, disse a chefe do Executivo, fazendo uso de um advérbio de modo que, nas falas, parece aumentar o poder de persuasão. E, claro, como sempre fez, não perdeu a oportunidade para alfinetar o ex-prefeito Milton Ferreira Guimarães, o Bentivi (PSB), seu maior algoz na política para quem perdeu duas eleições municipais.

Para a prefeita a saúde no município está brilhante. Em vez de apresentar números que pudessem convencer o público ela disse que são os funcionários do setor que sabem que tudo está às mil maravilhas.

“Quem trabalha na saúde sabe quantos exames foram feitos, quantas cirurgias foram feitas, os atendimentos médicos, as ambulâncias, o tratamento fora do domicílio, a atuação do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da. Família), a atuação da saúde tem sido brilhante”, argumentou.

A prefeita estava acompanhada do irmão Álvaro Pinheiro, que é o secretário da administração.

Sem explicar onde foram gastos mais de um milhão de reais o ano passado com reformas de escolas e colocação de placas que continuam sendo as mesmas da gestão anterior, Zulma Pinheiro poupou de críticas a administração de seu pai Manoel Batista dos Santos, o Neco, que foi prefeito no período de 2001 a 2004 e alfinetou os ex-prefeitos Gedeon Botelho e Bentivi, que administraram Itanhém de 2005 a 2016.

“A educação vocês bem sabem como pegamos: 12 anos sem fazer reforma nas escolas e hoje, aos poucos, estamos reformando, construindo muros e escolas”, afirmou. “Em Itanhém não foi diferente, foi no município todo, 12 anos”, reafirmou.

O Água Preta News fez contato com o ex-prefeito Bentivi e com representantes do ex-prefeito Gedeon Botelho, que morreu em março de 2015.

“Todas as escolas foram reformadas em nosso mandato. Construímos salas de aula e muros em muitas unidades como Ibirajá, Salomão, Itanhém e Vila São José, além disso construímos uma nova escola na Comunidade dos Motas”, disse Bentivi.

Romeu Gazzinelli, que foi secretário da Administração de Gedeon Botelho, disse que “todo ano as escolas foram reformadas e que, na ocasião, todas as unidades de ensino sempre estavam perfeitas para começar o ano letivo”.

Gildeon Rosa, que foi secretário da Assistência Social lembrou que na época de Gedeon Botelho o empresário do ramo de construção responsável por prestar este serviço à prefeitura foi Carlos Emanuel, o qual deveria ser consultado pelo portal de notícias caso houvesse alguma dúvida de que as escolas foram reformadas.

“Foi na gestão de Gedeon que pintaram as escolas com um barrado azul escuro, com uma faixa vermelha e amarela” lembrou Gildeon Rosa. “Ela [Zulma] realmente não conhece a realidade de Itanhém, até porque viveu os quatro anos da gestão de Gedeon em Vitória”, provocou.

As mentiras da prefeita não pararam por aí.

Por mais que Zulma Pinheiro tenha sempre vivido na capital do Espírito Santo, ela sempre esteve antenada com Itanhém e os municípios vizinhos, tendo sido, inclusive secretária na administração do pai e concorrido três eleições como candidata a prefeita. Assim, não podemos admitir que Zulma Pinheiro seja uma pessoa tão desinformada ao ponto de desconhecer dados básicas sobre Medeiros Neto, que fica a 30 km de Itanhém e sobre Vereda que, por sinal, o irmão dela – o secretário da Educação – concorreu as eleições em 2004, quando foi derrotado por Adalberto da Rocha Nonato.

“[Itanhém tem] 1.400 km², Medeiros Neto tem 500, praticamente três vezes menor que Itanhém, com uma arrecadação lá em cima, nós em Itanhém não temos uma indústria. Vereda são 300 km², praticamente cinco vezes menor que Itanhém”, disse Zulma Pinheiro, tentando conquistar votos para seus candidatos em Ibirajá.

Na verdade, a prefeita queria justificar porque muito pouco ela tem feito em Itanhém, embora já tenha passado quase dois anos de sua administração. O objetivo dela, ao fingir não conhecer geograficamente Medeiros Neto e Vereda foi persuadir as pessoas no sentido de que Itanhém é muito grande, se comparado com os dois municípios que, na atualidade, não apresentam grandes dificuldades administrativas.

O município de Itanhém tem 1.445 km² de área e não 1.400 km², como disse a prefeita. Medeiros Neto nunca foi “praticamente três vezes menor que o município de Itanhém” e nunca teve 500 km², como foi citado e sim 1.246 km², isto é, apenas 201 km² a menos que a área de Itanhém. Já Vereda tem 828,7 km² e não 300 km², como tentou impressionar Zulma Pinheiro.

Por falar em números, a prefeita disse que estamos a 1.000 km de Salvador quando, na verdade, a capital baiana está a aproximadamente 800 km da capital. Depois da apresentação propositalmente equivocadas desses números, Zulma Pinheiro pediu ao público que tomasse cuidado com os candidatos que não fossem os apoiados por ela. E, largou mais uma mentira.

“Esses a gente sabe que não colocaram nada de verba para nosso município. Nada! Absolutamente nada! Vários anos já receberam votos, vocês procurem saber qual emenda que esses deputados colocaram para o nosso município. Nenhuma!”, enfatizou.

Na verdade, várias verbas foram canalizadas para o município de Itanhém desde o ano passado por candidatos que não são apoiados pelo grupo da prefeita. Obras como poços artesianos, ambulância, calçamentos e investimentos na saúde são alguns exemplos.

Destaque HOME

Vereador solicita intervenção do poder público federal para serviços de urgência e emergência em Itanhém

mm

Publicado

em

Três reportagens do Água Preta News foram anexadas a uma solicitação de intervenção do poder público federal para que a prefeitura de Itanhém, com o fechamento do Hospital Maria Moreira Lisboa, faça funcionar serviços de urgência e emergência para atender a população. O pedido foi feito ao Ministério Público Federal (MPF), na tarde desta segunda-feira (10), na cidade de Teixeira de Freitas, pelo vereador André Correia (PHS).

“A gestora municipal Zulma Pinheiro não tomou providências que tem por obrigação, como disponibilizar um espaço físico adequado para os serviços de urgência/emergência, com profissional médico e equipe multiprofissional, deixando a população descoberta deste serviço”, destacou o vereador ao MPF.

O vereador destacou ainda que nos últimos dias vários pacientes foram deslocados para as cidades de Medeiros Neto e Teixeira de Freitas e que dois deles morreram por falta de atendimento emergencial.

Veja as reportagens que foram anexadas na solicitação feita ao MPF:

População faz manifestação pela reabertura de hospital. Prefeita diz que Itanhém tem 13 médicos

Com hospital fechado mecânico sofre infarto em Itanhém e morre em Medeiros Neto

Sem hospital pai de policial morre em Itanhém após uma hora dentro de Samu

Continuar leitura...

Destaque HOME

Carlos Mensitieri, imortal da ATL, agora é cidadão honorário teixeirense

mm

Publicado

em

[Edelvânio Pinheiro] O engenheiro civil, escritor e poeta Carlos Mensitieri agora é cidadão honorário teixeirense. Ele, que vive em Teixeira de Freitas/BA desde o início dos anos 80 e participou do processo de modernização da cidade, foi indicado à honraria maior do município pelo vereador e presidente do Legislativo Agnaldo Teixeira, o popular Agnaldo da Saúde. No total, 14 personalidades conquistaram o título de Cidadão Honorário Teixeirense na última quarta-feira, 5.

Ele ocupa a Cadeira nº 10 da Academia Teixeirense de Letras (ATL), da qual é tesoureiro e diretor de eventos. Carlos é membro também da Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes (FEBACLA) e da Academia Capixaba de Letras e Artes de Poetas Trovadores (ACLAPT). Além disso, é marquês ligado à Augustíssima e Soberana Casa Real e Imperial dos Godos de Oriente, que é chefiada pelo Príncipe Dom Alexandre Carvalho.

O acadêmico é autor dos livros “Teixeira de Freitas: Uma questão de Planejamento Urbano para a segurança no trânsito” e “Poemas, Letras e Canções”, ambos editados pela PerSe.

“Agradeço a Deus também por minha amada e querida esposa Luciene Mensitieri, companheira de trinta e quatro anos e por meu filho amado Gabriel Mensitieri, responsáveis por minha persistente luta diária”, discursou o acadêmico em nome dos demais homenageados.

Em seu discurso, ele destacou a importância da honraria que finalmente recebeu.

“É sabido que o Título de Cidadão Honorário Teixeirense é a mais alta honraria concedida pela Câmara Municipal de Vereadores do Município de Teixeira de Freitas a moradores oriundos de outros municípios que praticaram atos de relevante interesse social para a população teixeirense”, pontuou.

Carlos acrescentou: “O aumento da responsabilidade social de cada homenageado está diretamente conectado com as ações futuras, onde não cabem frustrações a este Legislativo e tampouco à população teixeirense, que de forma indireta também homenageia cada um, criando com isso novas expectativas positivas com seus honorários cidadãos teixeirenses”.

Almir Zarfeg, presidente da ATL, foi pessoalmente à cerimônia dar os parabéns ao amigo e confrade Carlos Mensitieri. Também se fizeram presentes os acadêmicos Athylla Borborema, vice-presidente da ATL, Marcus Aurelius, conselheiro da instituição, Ramiro Guedes e Valci Vieira, que também é vereador.

“Meus parabéns ao amigo e confrade pela justa e merecida honraria. Parabéns também ao nobre vereador Agnaldo da Saúde pela indicação que, sem dúvida, jamais será esquecida por Carlos e pela ATL”, disse Zarfeg.

Vereador Agnaldo da Saúde e acadêmico Carlos Mensitieri.

Continuar leitura...

Destaque HOME

Funcionária foi demitida por perseguição da prefeita Zulma Pinheiro, diz marido

mm

Publicado

em

Uma funcionária da secretaria de Desenvolvimento Social de Itanhém foi demitida na semana passada e segundo o seu esposo, Uilerman Gundim Santos, o Manzinho, trata-se de perseguição da prefeita Zulma Pinheiro (MDB).

“Fui na passeata pelo movimento em favor da reabertura do Hospital [Maria Moreira Lisboa], a prefeita em retaliação despediu minha mulher, reforçando a perseguição desse povo aí”, disse Manzinho ao Água Preta News.

De acordo com ele, Vanusa Alves Gomes Santos sempre foi uma funcionária exemplar.

“Nunca faltou um dia, a equipe e toda a população gostava dela e a prefeita [demitiu] por perseguição, até mesmo porque nem na manifestação ela estava, quem estava na manifestação fui eu e quem falou fui eu, então, como ela [a prefeita] não teve como me perseguir, perseguiu uma pessoa inocente, que estava fazendo o seu trabalho dignamente”, indignou-se.

Ainda de acordo com Manzinho, a irmã de Vanuza, Ludgéria Alves Gomes, por solidariedade pediu demissão da prefeitura.

Vanusa é tia de Rosilma Pinheiro, a mulher do irmão da prefeita, Newton Pinheiro, que ocupa as secretarias da Administração e Finanças e do Desenvolvimento.

Continuar leitura...
Anúncio Patrocinado

EM ALTA