Connect with us

Destaque HOME

Vamos celebrar conquista de Nem Mendes em Santa Rita, porque quem dá água, dá vida

mm

Publicado

em

Modéstia à parte, me sinto alguém cuja voz consegue atingir a massa e isso me deixa feliz enquanto formador de opinião, principalmente quando, na manhã de uma quinta-feira qualquer, me debruço sobre as teclas do notebook para informar à terra de Água Preta que a comunidade de Santa Rita do Planalto, depois de muito sofrimento, vai receber água de qualidade, gratuitamente, em todas as residências.

E definitivamente se pode comemorar a chegada desse bem comum.

É uma comunidade inteira ávida pela chegada de algo que, na verdade, já deveria ter em abundância nas mais de 430 casas, se não fosse o descompromisso e a insensibilidade de prefeitos que entraram e saíram e empurraram o problema para o próximo gestor.

A luta pela água em Santa Rita do Planalto é desde quando aquela localidade, que faz divisa com o Estado de Minas Gerais, se chamava ‘Rajado’, daquela época em que Dolírio Rodrigues dos Santos era o representante da comunidade. E pensar que, de lá para cá, quantas vezes essa bendita água, que chegaria às casas dos moradores, não foi utilizada como engodo em época de eleições, chega a dar nojo dos falsos políticos que, no afã de conquistar o voto da população, esbravejavam mentiras nos microfones.

Os tempos agora são outros e coube a um vereador a resolução do problema.

Whindson Moreira Mendes (PP), o Nem Mendes – aquele mesmo que, quando presidiu a Câmara Municipal, canalizou vários recursos do município para pavimentar ruas, fazer praças e recursos do estado para construir ginásio de esportes, equipar posto de saúde e cuidar daquela população de uma forma geral – foi quem esteve em Salvador no ano passado, visitando várias secretarias, numa luta incessante em defesa de Santa Rita do Planalto.

Vamos parabenizar Nem Mendes e celebrar a chegada da água, porque quem dá água, dá vida.

 

Destaque HOME

Após reunião da Câmara, durante bate-boca, vereador de Itanhém chama interlocutor de ‘filho da puta’

mm

Publicado

em

A sessão ordinária da Câmara de Itanhém desta quinta-feira (18) seria como outra qualquer, se não fosse o bate-boca que ocorreu depois da reunião, já do lado de fora.

Sasdelli Resende (PSDB), que será o próximo presidente da Câmara, a partir de 2019, foi questionado por um morador do município, sobre mensagens que o vereador havia enviado para ele através do WhatsApp e o vereador teria retrucado com palavras ofensivas. Galdino Cacique (à direita da foto) teria sido chamado de ‘filho da puta’ pelas redes sociais e queria ouvir da própria boca do vereador aquela e outras agressões.

“Na saída da reunião eu presenciei uma cena triste. Mostrando mensagens no celular, Galdino pediu para Sasdelli falar pessoalmente o que o vereador havia dito através de mensagens, frisando que ele não era filho da puta”, descreveu o vereador André Correia (PHS), quando procurado pelo Água Preta News. “Aí o vereador foi no carro e voltou dizendo palavras de baixo calão na frente de funcionários da casa legislativa e dos senhores Horácio Afonso e Elizeu Binas”, completou André, enfatizando que em nenhum momento ouviu qualquer agressão por parte do interlocutor de Sasdelli Resende.

A reportagem também procurou Elizeu Binas, que é estudante de Direito. Ele confirmou as agressões por arte do vereador.

“Eu estava no momento que aconteceu essa desavença. Galdino, quando Sasdelli desceu a escada da Câmara, pediu para ele repetir o que havia falado no WhatsApp. Sasdelli pediu para Galdino respeitá-lo porque ele não era a prefeita Zulma e Galdino insistiu para ele repetir o que o vereador havia falado no WhatsApp, dizendo que no WhatsApp todo mundo era homem. Aí Sasdelli voltou e falou ‘eu te chamei de menino, filho da puta e me respeite senão você vai dormir no Castelo de Grayskull, não mexe comigo não se não o negócio vai pesar pra o seu lado’. Depois, Sasdelli entrou no carro foi em direção à prefeitura e voltou e, de dentro do carro, chamou novamente Galdino de filho da puta e babaca, só que muito mais alterado do que da primeira vez”, explicou o acadêmico, enfatizando que Galdino demonstrou tranquilidade e não proferiu nenhuma ofensa e que achou vergonhosa a atitude do vereador, por se tratar de uma figura pública.

Galdino disse ao portal que nas redes sociais apenas fez questionamentos de ordem política e não pessoal. Ele forneceu os prints da conversa que teve com o vereador ao Água Preta News e estuda processar o parlamentar.

O vereador Sasdelli, por sua vez, disse que só exigiu respeito.

“Só pedir pra ele me respeitar, pois ele vem há um bom tempo me insultando e faltando respeito com a minha pessoa. Você conhece a minha conduta, sabe que não sou de desavença, mas também não tenho sangue de barata”, afirmou.

Continuar leitura...

Destaque HOME

CDL promove carreata para lançar campanha de natal em Itanhém

mm

Publicado

em

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Itanhém realizou, na noite desta quarta-feira (17), uma carreata pelas principais ruas para o lançamento da ‘Campanha Natal dos Sonhos 2018’, que vai estimular as vendas no comércio no período natalino.

Antes da carreata os diretores da CDL e empresários se reuniram na sede da entidade, na Avenida Maria Moreira Lisboa, no Centro da cidade, para o lançamento oficial da campanha.

Serão sorteados dois cheques nos valores de R$ 5 mil e R$ 2 mil e dois vales-compra no valor de R$ 1 mil e 10 no valor de R$ 500 cada, além de 50 prêmios extras.

Para concorrer, em cada R$ 25 em compras o cliente recebe um cupom, que deve ser depositado nas lojas participantes. O sorteio está previsto para o próximo mês janeiro.

A presidente da CDL, Thauane Ferraz Avelar Verly  disse que a carreata “é o pontapé inicial da campanha”. E mais. “Queremos mostrar à população que Itanhém já está entrando no clima do natal e que comprando no nosso comércio, além de aquecer a nossa economia é possível ganhar prêmios sensacionais.”

Empresários que fazem parte da diretores da CDL.

Continuar leitura...

Destaque HOME

Professor Romilson – irmão de ‘Nenem Cowboy’ – é encontrado morto em zona rural de Jucuruçu

mm

Publicado

em

O itanheense Romilson Oliveira Pereira, 54 anos, mais conhecido como Bai ou Cabelim, foi encontrado morto nesta quinta-feira (18), numa comunidade rural, próximo ao distrito de Monte Azul, município de Jucuruçu. Familiares confirmaram para a reportagem do Água Preta News a morte, que parece tratar-se de um homicídio, e seguiram para o local do crime.

O corpo estava nu, com marcas de sangue e sinais de agressão.

Romilson, que era filho de Miliano, um morador antigo da cidade de Itanhém, e irmão de Tonho de Miliano e Nenem Cowboy, lecionava nos municípios de Jucuruçu e Guaratinga, na Bahia, e Santo Antônio do Jacinto, em Minas Gerais. [Colaborou Show Som Rádio Web]

Continuar leitura...
Anúncio Patrocinado

EM ALTA