Connect with us

Entretenimento

3 erros que a maioria dos pais comete quando os dentes da criança estão moles

mm

Publicado

em

ESCRITO POR MARIANA RISCALA]

Quem não se lembra dos pais amarrando linha ou fio dental e puxando o dente mole quando éramos crianças? Porém, o que eles não imaginam é que esta e outras artimanhas que costumam usar não são o ideal para tirar o dente das crianças, que começam a ficar moles a partir dos 5 anos.

Em alguns casos, os dentinhos de leite demoram a cair, e o permanente começa a nascer. O que fazer nesses casos? Muitos pais correm para o consultório para que o dentista arranque o dente, mas isso só é indicado nos casos em que eles estão encavalando ou ficando tortos e o danadinho do dente de leite não cai.

Dente mole: erros

Prender na porta

Talvez essa seja a tática mais conhecida das crianças, e dos papais, para tirar o dente que está mole. Os papais amarram um fio dental no dente mole, prendem na maçaneta e batem a porta, arrancando o dente. Além de traumático pra criança, pode ser traumático para o dente também, já que esse movimento pode quebrar a raiz do dente e provocar dor.

Mexer com a mão

Essa talvez seja a opção mais escolhida, já que não há traumas para a criança e nem para o dente. Porém, o ideal é que deixe o dente cair naturalmente. Com certeza ele vai cair quando você menos esperar, brincando, se divertindo e até mesmo comendo.

Cutucar com objetos

Essa é a menos indicada, e geralmente são as próprias crianças que fazem. Fique de olho no seu pequeno para que ele não cutuque o dente com objetos como palito de dente, cabo da escova, talheres e outras coisas que podem machucá-lo. Especialmente pois esses objetos não estão limpos o suficiente, e podem causar infecção, inclusive na gengiva.

Quando podemos arrancar o dente em casa?

A ideia é que o dentinho caia naturalmente. Porém, muitos papais morrem de medo que o filho engasgue caso o dente caia enquanto ele está comendo ou dormindo. Nestes casos, os adultos só podem remover o dente de leite quando ele estiver totalmente solto. Assim, evitam que haja fratura da raiz e prejudique a gengiva e o nascimento do dente permanente.

 

Entretenimento

Delícia de verão: receita de mousse de morango com a fruta

Confira a receita de mousse de morango com a fruta superfácil!

mm

Publicado

em

[Isabela Henriques/ Terra]mousse é uma sobremesa fácil de fazer e muito gostosa. O melhor é que ela pode ser preparada de vários sabores, o que permite agradar a muitos gostosos. No TudoGostoso, você aprende a fazer mousse de chocolate, mousse de doce de leite, mousse de limão, mousse de manga e muitas outras delícias. E que tal conferir a receita de mousse de morango com a fruta? Sim! Sabe aqueles morangos que estão na geladeira e você não sabe o que fazer com eles? Chegou a hora de usá-los em uma sobremesa para lá de maravilhosa.
Confira a receita a seguir:

Receita de mousse de morango com a fruta

Ingredientes

1 caixa de morangos
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
1 pacote de gelatina incolor sem sabor
6 colheres (sopa) de água morna

Modo de preparo

O primeiro passo é higienizar os morangos. Certifique-se de remover os galhos e as folhinhas.
Na sequência, corte-os, coloque-os no liquidificador e bata. Se quiser, separe alguns morangos para decoração.
Acrescente o leite condensado e o creme de leite e continue batendo por alguns minutos.
Enquanto isso, hidrate a gelatina com a água morna por aproximadamente 5 minutos.
Em seguida, acrescente a gelatina hidratada com o liquidificador ligado.
Bata por mais 5 minutos para a mistura ficar bem homogênea.
Você pode colocar a mousse em potinhos individuais ou em um refratário grande.
Leve para a geladeira para firmar por pelo menos 4 horas antes de servir.
Decore com os morangos reservados.

Essa mousse fácil e deliciosa pode ser preparada com qualquer fruta: basta triturá-la bem antes de acrescentar os outros ingredientes.

 

 FOTO: Ilustrativa

 

Continuar leitura...

Entretenimento

Seu bebê só pode comer uva e jabuticaba deste jeito: nutricionista faz alerta

mm

Publicado

em

[GIULIA EBOHON] O momento de inserir novos ingredientes na alimentação do bebê é sempre recheado de dúvidas.

Conforme expõe a nutricionista Andreia Friques, de modo geral qualquer fruta pode estar presente no novo cardápio do pequeno, contudo é necessário ter alguns cuidados.

Algumas frutas são laxantes e outras dão mais energia, então é necessário saber dosar o quanto oferecer, além de ficar atento às particularidades do pequeno.

Além disso, algumas frutas devem ser apresentadas, de preferência, quando o bebê já tiver um maior controle da mastigação, pois podem oferecer riscos de engasgar. É o caso da uva e da jabuticaba.

Atenção ao corte das frutas

Tanto a uva quanto a jabuticaba são uma ótima opção de fruta para o pequeno, contudo, a nutricionista chama atenção para um cuidado indispensável na hora de oferecer as frutas.

A especialista explica ser necessário fazer um corte longitudinal no alimento, e retirar suas sementes. Essa orientação é essencial para evitar engasgamento.

Alimentos pequenos pedem atenção

Alimentos pequenos, como uva, jabuticaba, tomate-cereja, entre outros, são de tamanho semelhante aos das vias aéreas dos bebês e, por isso é necessário um corte longitudinal, para que não haja riscos dele engasgar ou sufocar.

Continuar leitura...

Entretenimento

Saiba o horário do eclipse com ‘superlua’ hoje nos Estados brasileiros

“Superlua de sangue”, momento de maior proximidade entre o satélite e a Terra, poderá ser vista às 2h41 (horário de Brasília).

mm

Publicado

em

[Giuliana Saringer, do R7O eclipse total da lua vai ocorrer na madrugada deste domingo (20) para segunda-feira (21) e poderá ser visto em todo o Brasil.

Quem acompanhar o eclipse também poderá observar a “Superlua”, que é o nome dado ao momento em que a lua, que é um satélite natural, está em máxima aproximação com a Terra.

O eclipse estará visível a partir das 0h37 (horário de Brasília), quando a lua ficará um pouco menos brilhante (eclipse penumbral).

Neste momento, a lua ficará avermelhada e, por isso, é chamada de “Lua de Sangue”.

O eclipse total deve ter duração de 1h02, ou seja, os brasileiros podem ver o fenômeno até às 3h43.

Depois disso, a lua volta a ficar mais iluminada até o final do eclipse, às 4h51.

Segundo o Observatório Nacional do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, esses horários valem para as cidades que seguem o horário de Brasília. Os brasileiros de outras regiões devem considerar o fuso causado pelo horário de verão para saber quando conseguirão ver a “Superlua”.

Veja os horários nos estados brasileiros:

Horário de Brasília (com horário de verão: fuso -2 horas)Goiás, Brasília, Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Ilhas Arquipélago de São Pedro e São Paulo, Atol das Rocas, Fernando de Noronha, Martin Vaz e Trindade

Fuso de -3 horas: Pará, Amapá, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia

Reprodução/ Observatório Nacional

Fuso -4 horas: Amazonas, Roraima e Rondônia

Fuso -5 horas: Amazonas (extremo oeste) e Acre

O Observatório Nacional explica que, “quando toda a Lua está mergulhada na sombra, nós vemos a Lua sem receber luz direta do Sol, mas alguma luz do Sol atinge a superfície da lua por meio da atmosfera da Terra e algumas faixas de frequência da luz solar são filtradas, exatamente como acontece nos crepúsculos matutino e vespertino que estamos acostumados a ver antes do nascer do Sol e após o pôr do Sol”.

O próximo eclipse total da Lua visível no Brasil será em 2022.

Veja as fases do fenômeno:

Continuar leitura...
Anúncio Patrocinado

EM ALTA