Connect with us

Entretenimento

8 técnicas incríveis para passar batom como profissional e nunca mais “errar” a boca

mm

Publicado

em

[JAQUELINE RODRIGUES, VIX]

Assim como a infinidade de cores e texturas, existe uma série de técnicas para aplicar o batom como profissional e, dessa forma, evitar o craquelamento da pintura, aumentar ou diminuir o volume dos lábios, e conseguir uma cobertura perfeita independentemente da variedade de formulação dos produtos. A seguir, aprenda oito truques diferentes que podem facilitar a sua maquiagem e proporcionar um resultado ainda mais sensacional na boca.

Como acertar aplicação do batom?

1. Tanto para as versões opacas quanto brilhosas de batom, ressecamento dos lábios é o grande responsável por uma cobertura irregular e craquelada. Dessa forma, o primeiro passo para uma maquiagem perfeita é a esfolição, principalmente, se for usar um batom seco tipo matte ou de cores claras, para evitar aspecto descamado.

2. Para garantir a fixação da cor mais perfeita e prolongada, antes de passar o batom, aplique um pouco de base com a ponta dos dedos. Sem exagerar na quantidade de produto, que também pode ser corretivo ou primer específico para boca, apenas uniformize a pele.

3. Antes de começar a passar qualquer batom chamativo, do vermelho até os mais escuros, priorize a fina camada de um produto para pele que neutralize a cor dos lábios. Este passo anula a coloração da boca, intensificando a cor do batom. Além disso, ainda aumenta a durabilidade do produto.

4. Faça o contorno da boca com o próprio batom, usando um pincel de precisão (bem fino e com cerdas duras) ou com um lápis de boca. Comece o contorno pelo arco do cupido, traçando duas linhas cruzadas em formato de X.

5. Um truque para diminuir o volume da boca é apagar os lábios aplicando o corretivo sobre eles, sempre no tom da pele e, em seguida, passar o batom ou gloss apenas na região mais central dos lábios.

6. Para dar impressão de aumentar o volume, aplique o lápis iluminador cobrindo todo o centro dos lábios, como se fosse a boca da boneca. Não estenda essa região mais clara até as extremidades, se concentre no centro da boca, e depois aplique o batom por cima normalmente.

7. Depois de passar o batom, sempre use um lenço de papel para remover o excesso de maquiagem. Depois, com uma esponjinha ou pincel, aplique uma fina camada de pó facial e cubra com mais uma camada de batom. O “sanduíche” de produtos aumenta a durabilidade da cor nos lábios.

8. Para finalizar, passe um corretivo (o mesmo que você usou para apagar os lábios) no rosto, na região em volta da boca, para tirar eventuais manchinhas e dar um contorno mais definido.

 

Entretenimento

Zarfeg dedica poema a Odilon Botelho, que acaba de celebrar 90 anos de idade

mm

Publicado

em

[Edelvânio Pinheiro] O poeta e jornalista Almir Zarfeg dedicou o poema “Bom e velho Dila” a Odilon Botelho, que no último domingo (23) celebrou seus 90 anos de existência no Clube Recreativo Ribeirão do Ouro (ARVO), em Itamaraju.

A confraternização, que se estendeu pelo domingo adentro, reuniu familiares e amigos do patriarca. De Teixeira de Freitas, os acadêmicos Almir Zarfeg e Athylla Borborema compareceram para prestigiar o evento. Juntamente com Elias Botelho, filho do aniversariante, os três são membros da Academia Teixeirense de Letras (ATL).

O evento envolveu a parte religiosa, marcada pela celebração da vida e pelos agradecimentos a Deus. A seguir, os filhos “tiraram o chapéu” para o patriarca por tudo que ele representa para seus descendentes, filhos, netos e bisnetos. Depois, houve os comes e bebes ao som da melhor MPB. O resto do domingo foi consumido pela alegria, encontros e reencontros e, enfim, pela celebração da vida em abundância.

No belo poema, o poeta trata dos temas da bondade e da velhice. Como se estivesse exortando ou orientando, ele diz que “a bondade é invisibilidade” “como sair de fininho”.

Ao citar a velhice, ele sustenta que ela, ao contrário da bondade, tem idade. E é vista como prêmio por algumas pessoas e, também, como castigo por outras. Mas conclui afirmando que a velhice é “voltar a ser criança”.

“Este poeminha foi a maneira que encontrei para homenagear os 90 anos do bom e velho Dila, a quem tive a honra de ser apresentado numa bela noite acadêmica”, disse Zarfeg à reportagem do Água Preta News.

BOM E VELHO DILA

A bondade, meninos e meninas,

É invisibilidade

Como sair de fininho

O espírito duma época

Como o pôr do sol

O bucolismo inocent

A bondade não tem idade

Não é grega nem cristã

Não costuma se anunciar

Mas nunca falha

É preciso ser bom um

Pouco mais

Para sê-lo o bastante

Possível

Homem bom é homem

Raro

Homem mau é homem

Banal

Já a velhice tem idade:

Prêmio para uns

Castigo – diz o sábio –

Para outros

Com certeza, voltar a ser

Criança

Estar – se achar – na

Simplicidade

                               Os confrades Zarfeg, Elias Botelho e Athylla Borborema

FOTOS: Daniel Borges

 

 

 

Continuar leitura...

Entretenimento

Horário de verão começa em novembro para não atrapalhar eleições

mm

Publicado

em

[Veja]

horário de verão de 2018 começará em 4 de novembro, e não em meados de outubro, como nos anos anteriores. Assim, no primeiro domingo após o segundo turno das eleições o brasileiro deverá adiantar seus relógios em uma hora. O segundo turno acontecerá em 28 de outubro.

A decisão de adiar a data foi tomada pelo presidente Michel Temer em conjunto com o Ministério de Minas e Energia, no fim de 2017, sob a alegação de que a mudança em outubro atrapalharia a apuração dos votos.

Apenas os estados do Centro-Oeste, Sudeste e Sul adotam o horário de verão — os do Norte e Nordeste não participam da mudança.

Até as eleições de 2014, o horário de verão criava problemas para o sistema eleitoral. Como a votação é encerrada às 17 horas, as regiões Nordeste e Norte fechavam suas seções de votação uma hora mais tarde do que as outras regiões do país.

Continuar leitura...

Entretenimento

Conheça o grilo carnívoro come até pequenos pássaros

mm

Publicado

em

Continuar leitura...
Anúncio Patrocinado

EM ALTA