Connect with us

Sem categoria

A eleição dos diretores em Itanhém é vitória de todos e derrota apenas dos arrogantes

mm

Publicado

em

A eleição dos diretores e vice-diretores, nesta terça-feira (10) nas escolas da rede municipal de Itanhém, constitui a vitória da coletividade e a derrota apenas de uma minoria arrogante.

Essa minoria arrogante e sem noção tem na prefeita Zulma Pinheiro, no secretário de Educação, Álvaro Pinheiro, e no presidente da Câmara Municipal, Sasdelli Resende, os protagonistas.

Para acabar com a escolha livre e democrática dos diretores e vice-diretores, a minoria arrogante impôs a Lei Municipal nº 207, que foi abraçada pelo vereador Sasdelli Resende e apoiada pelos pares Audrey Correia, Valdemar Oliveira, Gelson Picolli e Ronaldo Correia.

Os vereadores que se opuseram à medida e, em sinal de protesto, abandonaram aquela sessão ordinária (bota ordinária nisso), tiveram seus subsídios reduzidos em R$ 1.000 pelo presidente da Casa, Sasdelli Resende. São eles: André Correia, Deilton Porto e Marcos Vilas Boas.

Com a manutenção da eleição, garantida pela Justiça na primeira e segunda instâncias, os pais e alunos puderam escolher livremente os diretores e vice-diretores das escolas da rede municipal de ensino. Foi a vitória da democracia contra a arrogância, da liberdade contra a opressão.

Assim, a Justiça, os vereadores da oposição e a comunidade estudantil deram uma demonstração de força, união e sensibilidade humana. Fizeram a coisa certa e vão ficar bonitos na foto.

Tomara que esse gesto seja repetido, com maturidade e sensibilidade, nas urnas nas eleições municipais de 2020.

[Por Edelvânio Pinheiro. Foto: Normélia e sua equipe de vice-diretores, que concorrem à direção do Colégio São Bernardo]

Sem categoria

Homem espera há tempo em Batinga para retirar uma provável hérnia gigante

mm

Publicado

em

Uma provável hérnia gigante chama a atenção de quem encontra Antônio da Silva, de 60 anos, morador do distrito de Batinga, município de Itanhém. No entanto, a visível urgência não é a mesma para a rede pública de saúde, já que há muito tempo ele tenta fazer a remoção daquela protuberância que tomou conta da região central do abdômen.

Antônio da Silva, no final da semana passada, apareceu nas redes sociais em um vídeo que foi gravado por Cássio Rodrigues Santos, que também é morador de Batinga e amigo da família.

De acordo com o vídeo, Antônio procurou os responsáveis pela Saúde em Itanhém por pelo menos quatro vezes, sem que nenhuma solução houvesse sido tomada.

“Eles estão enrolando, já fui lá umas quatro, cinco vezes”, disse Antônio. “Cadê o representante de Batinga, que é Sasdelli, que diz estar correndo atrás?”, perguntou Cássio. “Pelo amor de Deus, vou colocar no grupo pra ver se vocês ajudam esse cara, esse cara está sofrendo demais,” completou.

Sasdelli Resende é o presidente da Câmara de Vereadores de Itanhém.

Continuar leitura...

Sem categoria

Mãe vende rifa para pagar exames de filho especial em Itanhém

mm

Publicado

em

Uma mulher está vendendo rifa de uma cesta de chocolate para custear exames de um filho especial na cidade de Itanhém. Cada bilhete custa R$ 5.

Talita Matos é mãe de um menino de 6 anos, que é imperativo e tem paralisia cerebral. O garoto não fala, não anda e graças a uma cadeira emprestada pela APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), a mãe consegue se deslocar com ele com menor dificuldade.

“Eu so to fazendo isso pq na secretaria eles falaram q n libera”, disse Talita, nas redes sociais. “Tinha 3 anos q tava la o encaminhamento pro oftalmologista e ai ele jogaram pra aquele mutirão q teve e não serviu pro meu filho, pq ele é especial e imperativo. Ai tem q ser um oftalmologista pediatra”, explicou.

Encaminhar o filho de Talita para os multirões promovidos pelo governo do estado é a demonstração inequívoca de que a secretaria da Saúde de Itanhém não estava acompanhando o problema desta criança.

No oftalmologista o garoto precisa fazer uma refração – que identifica a acuidade visual e o grau dos óculos – sob cicloplagia, que é paralisia da pupila do globo ocular. E, noutro especialista, o menino precisa fazer um exame conhecido como BERA, que serve para verificar a capacidade auditiva  e a integridade das vias que conduzem o som.

“A gente q tem filhos especiais ou ate mesmo precisamos da secretária  quando chegamos la atrás dos nossos direitos  ele falam vcs são muito apressado n sabe espera não.?”, lamentou Talita, também nas redes sociais.

O filho de Talita já fez uma cirurgia em Vitória e, alegando evitar gastos com transporte, Talita foi orientada a se mudar para a capital do Espírito Santo.

“Meu filho precisava de uma cirurgia nós eu ganhei la em Vitória,cirurgia e ate a órtese e eles reclamavam q estavam gastando muito com transportes,pq eu n morava logo em Vitória”, finalizou.

Em todas as mensagens foram mantidas a grafia original.

Continuar leitura...

Sem categoria

Dinheiro está sendo arrecadado em Itanhém para exame de adolescente que está com forte sangramento no nariz

mm

Publicado

em

Um adolescente autista, que mora na cidade de Itanhém, está com forte sangramento no nariz desde a madrugada da última quinta-feira (7), sem acompanhamento de um especialista.

Mesmo tendo sido diagnosticado com hemorragia nasal e indicação, com urgência, para passar por um otorrinolaringologista, Jhonatas Ferreira Silva, 12 anos, continua com sangramento e muita dor de cabeça, de acordo com a mãe dele, Maria José de Sá Ferreira.

Nas redes sociais foram postadas imagens do adolescente com um pano branco sujo de sangue e vídeo relatando o sofrimento da família.

De acordo com o padrasto do jovem, Genilson Pereira de Jesus, as pessoas estão se mobilizando nas redes sociais para arrecadar dinheiro para o pagamento de uma consulta na cidade de Teixeira de Freitas.

Ainda de acordo com Genilson, a mãe do adolescente foi informada pela pessoa responsável pela marcação de exames, que seria necessário aguardar surgimento de vaga.

O Água Preta News apurou que a consulta já foi marcada para a próxima segunda-feira (11), às 9h40, no Hospital São Paulo, na cidade de Teixeira de Freitas. O valor da consulta, R$ 300, e dinheiro para deslocamento estão sendo arrecadados na cidade.

Profissional pediu urgência no exame.

Continuar leitura...
Anúncio Patrocinado

EM ALTA