Connect with us

News

Água Preta News completa 3 anos, mas a Praça da Liberdade continua paralisada

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

O portal Água Preta News celebra seus três anos de criação nesta sexta-feira (30), oportunidade em que sua diretoria reafirma o compromisso de oferecer o melhor em termos de informação, entretenimento e opinião a seus internautas. Sempre com isenção e responsabilidade.

A narrativa já é conhecida de todos: o site estreou em 30 de agosto de 2016 no bojo das homenagens aos 25 anos do livro de poemas “Água Preta”, de Almir Zarfeg, cuja 1ª edição remete ao ano de 1991. Em resumo, a obra foi autografada em 20 de agosto, mas o autor nasceu em 30 do mesmo mês em Itanhém.

Outra coincidência – agora triste coincidência – é que o diário eletrônico foi ao ar quando o então prefeito de Itanhém, Milton Guimarães, o Bentivi, havia firmado convênio com o governo federal para a reforma de um dos cartões postais da cidade: a Praça da Liberdade.

Por uma série de contratempos, a reforma ficou sob a responsabilidade de Zulma Pinheiro, que assumiu o comando do município em janeiro de 2017 e se comprometeu, solenemente, a dar seguimento à obra. Projeto aprovado, dinheiro em caixa. Era só tocar a obra e correr para a galera.

Mas (sempre tem um “mas” quando se trata de política) decidiu não dar continuidade à obra, optando pela paralisação da reforma do logradouro, para espanto dos moradores, que tiveram que conviver com aquela feiúra, pelos próximos três anos, no coração da cidade.

A prefeita, orientada por seus irmãos, decidiu atrasar a obra em resposta ao ex-prefeito e à oposição, no melhor estilo “agora vão saber quem manda no pedaço”.

Assim, pelos próximos três anos, os moradores de Itanhém tiveram que aprender a conviver com o mostrengo de tapumes fruto da implicância da prefeita. Ela dispunha de dinheiro e só teria que exercitar a boa vontade.

A reforma da Praça da Liberdade foi reiniciada no final de 2018, quando a prefeita viu todas as tentativas, inclusive de mudar o projeto original, fracassadas. A cobrança pelo reinício da obra mobilizou a cidade e as redes sociais, inclusive com o ex-vice-prefeito Juarez Correia, que chamou os dois últimos gestores de Prefeito e “prefeito”, numa crítica velada. Lembrando que Correia havia ocupado a Secretaria de Obras de Bentivi.

A Praça da Liberdade, que é do povo como o céu é do avião, como disse Castro Alves, segue em obras. Isso já faz três longos e lentos anos…

O portal Água Preta News, nesses três anos, conquistou seu espaço e o gosto dos leitores em Itanhém e na região. Mais: se tornou porta-voz daqueles que não aceitam mais a política rasteira e as ações minguadas de uma gestão datada. Liberdade ainda que tardia.

A prefeita Zulma Pinheiro – ostensivamente acompanhada de Sasdelli Resende, Gelson Pícolli, Álvaro Pinheiro, Ivan Curvelo, Omar Martins, Lúcia Reis, Renilda Chapéu e outros escudeiros menos notórios – visitou o logradouro na manhã desta quinta-feira (29). Fez caras e bocas, mas não falou em inauguração.

Mas o povo precisa saber que a Praça da Liberdade passou por três grandes transformações nas últimas seis décadas: a 1ª durante a gestão de Jota Pires, que a construiu. A 2ª na gestão de Gedeon Botelho, que lhe deu uma cara moderna. A 3ª na gestão de Bentivi/Alex, que conseguiu o dinheiro para a reforma total do logradouro, cabendo a Zulma Pinheiro apenas e tão-somente aplicar os recursos, fiscalizar a execução da obra e, por fim, inaugurá-la. Será que ela conseguirá fazer isso?

Parabéns, Itanhém! Parabéns, parabéns e parabéns, Água Preta News!

FOTO ItanhemFest: Zulma Pinheiro: ‘só inauguro quando a muda virar árvore’


Ex-prefeito Bentivi foi o responsável pelos recursos da reforma .