Connect with us

News

Água Preta News: mais um ano repleto de jornalismo, apesar das dificuldades e perseguições

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

Chegamos ao fim de mais um ano – 2019, para ser mais específico – e o portal Água Preta News tem muito que celebrar, apesar das dificuldades e perseguições.

Nunca foi tão difícil e desafiador botar em prática um jornalismo independente, mas repleto de conteúdo; ágil, mas portador de uma mensagem séria, honesta e, acima de tudo, comprometida com os internautas em Itanhém, região e na Bahia.

Estes tempos bicudos estão mostrando, nos âmbitos nacional, regional e local, que a informação independente e dona do próprio nariz incomoda os donos do poder. Foi assim no passado, é assim no presente e será no futuro.

Ser imparcial é, antes de tudo e qualquer coisa, fazer opção pelo leitor (no nosso caso, pelo internauta), em detrimento de agradar os eventuais ocupantes dos cargos públicos na Câmara Municipal, na Assembleia Legislativa ou nos palácios estadual ou federal. A imparcialidade deveria estar acima dos acordos e das conveniências.

O Água Preta News vem mantendo uma postura de imparcialidade, desde 2016, quando foi criado. E essa postura garantiu, durante todo esse tempo, a atenção redobrada aos desmandos e excessos do poder público, especialmente em Itanhém.

Em Itanhém, onde os desmandos se sucedem no Legislativo e no Executivo, nossa reportagem acertadamente não tem dado sossego aos pequenos ditadores que, ao contrário do que diz a docência pública, se sentem acima de todo mundo. E cometem toda sorte de ilegalidade em proveito próprio.

Mas o ano chega ao fim e, como vocês são testemunhas, conseguimos reportar os excessos administrativos à opinião pública que, bem abastecida, nos prestigiou com sua leitura e reflexão. Portanto, estamos e seguiremos no caminho do confronto sadio.

Em 2020 vamos continuar no caminho do jornalismo sério e atuante, informando sobre os fatos e acontecimentos. E, especialmente, denunciando os excessos dos pequenos ditadores. Contem conosco.

Antes, porém, nossa gratidão aos parceiros de sempre e, sobretudo, à atenção dispensada por vocês, leitores, sem os quais não teríamos chegado tão longe nem resistido com tanta dignidade. Vamos sonhar juntos em 2020.

Publicidade: