Connect with us

News

Aniversário: Explicando um dos símbolos oficiais máximos de Teixeira de Freitas: sua bandeira

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

A cidade de Teixeira de Freitas completa 34 anos de emancipação política e administrativa nesta quarta-feira (9). Para comemorar a data cívica, o portal Água Preta News vai explicar, com detalhes, um dois símbolos oficiais mais importantes da municipalidade teixeirense: a bandeira.

O brasão foi criado no mesmo ano da instalação da municipalidade, ou seja, 1986. Seu uso foi regulamentado pela Lei Municipal 4.452, de 9 de maio de 1986, exatamente um ano após a criação do município de Teixeira de Freitas.

A bandeira foi criada por Antônio Carlos de Brito a pedido da Câmara Municipal, na época presidida por José Sérgio Figueiredo. Já no dia 7 de setembro daquele mesmo ano, coube ao presidente em questão fazer o primeiro hasteamento de um dos símbolos oficiais mais importantes do município. O outro símbolo oficial é o hino.

Só para ilustrar, as faixas vermelha e azul, verticais, representam a BR-101 e as cores do Estado da Bahia. As duas cruzes de malta fazem referência às cidades de Alcobaça e Caravelas, das quais o novo município foi desmembrado. O sol amarelo, por detrás das faixas, representa o município recém-emancipado. O branco simboliza a paz.

Já a faixa azul horizontal, com grande destaque no pavilhão teixeirense, representa o Rio Itanhém, que teve, tem e terá grande importância para os moradores de Teixeira de Freitas, tanto na zona urbana quanto na rural, e para outros tantos municípios da região.

José Sérgio e sua esposa, Cristina Figueiredo

Durante a 1ª edição do “Café de Leitura”, realizado na última terça-feira (7) no Memorial da Câmara Municipal, José Sérgio Figueiredo falou da emoção de ter sido a primeira pessoa a hastear a bandeira teixeirense.

“Era 7 de setembro de 1986 e eu tive a honra de hastear a bandeira da nossa Teixeira de Freitas”, disse José Sérgio, que, além de ter sido eleito vereador naquela 1ª legislatura da história teixeirense, ainda teve o privilégio ser escolhido presidente por seus pares.

José Sérgio ainda ocuparia a Secretaria de Administração no governo do ex-prefeito Francistônio Pinto. Hoje, ele é curador da Fazenda Cascata, um dos patrimônios históricos do município de Teixeira e região.

Naquela época, como o Poder Legislativo não dispunha de uma sede própria, as sessões ordinárias eram realizadas no Jacarandá Country Club ou no Rotary Club.

FOTO: Radialista Leones Alencar hasteando bandeira teixeirense.