Connect with us

Destaque HOME

Árvores são arrancadas da praça da Igreja Católica em Ibirajá para o projeto eleitoreiro da prefeita de Itanhém

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

Compartilhe

Depois da praça da Igreja Católica do distrito de Ibirajá, município de Itanhém, ter sido transformado num cenário de guerra, na tarde da última quinta-feira (13), árvores históricas desse logradouro foram arrancadas na manhã dessa sexta-feira, 14 de agosto, quando o município completa 62 anos de emancipação, para dar lugar ao projeto eleitoreiro da prefeita Zulma Pinheiro (MPB) e seus irmãos.

Na quinta-feira a prefeita e o vereador Gelson Picoli promoveram um evento onde anunciaram a urbanização da Praça da Matriz. Lá, o pré-candidato a vereador pelo PT, Rodrigo Canela e a esposa dele, Fernanda Lúcia, que também é pré candidata a uma vaga no Legislativo, foram agredidos com socos, pontapés e puxões de cabelo por aliados da prefeita e do vereador.

A população ibirajaense, que não foi consultada sobre a derrubada das árvores acusou a inexistência de licença ambiental e ficou revoltada ao ver o momento em que retroescavadeiras derrubaram, em poucos minutos, parte da história daquele povo. Veja vídeo