Connect with us

Entretenimento

Como deixar a sua casa mais aconchegante no inverno

mm

Publicado

em

[Casa.com.br]

Com tendências como o hygge despontando na decoração, é o mínimo você sentir aquela vontade de deixar a sua casa mais aconchegante para os meses de inverno. Tudo bem que, no Brasil, a estação não é nem de longe tão forte quanto em outros países do mundo, mas isso não significa que precisamos deixar essa ideia lado.

Ter uma casa mais aconchegante significa que você presta atenção nos detalhes e valoriza muito o conforto – é por isso que o hygge ficou tão famoso, porque ele defende um ambiente muito confortável e que seja convidativo. Ou seja, você sente vontade de ficar enrolada no sofá assistindo Netflix durante o fim de semana.

Quer você esteja montando a decoração da sua casa agora, quer esteja apenas fazendo uma mudança e adaptando a casa para o inverno – e pretende manter essas mudanças por um tempo – você pode seguir essas dicas para deixar a sua casa mais aconchegante:

1.Use cores quentes

Enquanto cores claras fazem um ambiente ficar mais iluminado e arejado, cores escuras têm um efeito contrário – elas deixam um ambiente com a impressão de ser menor e mais quente, aconchegante. Mesmo brancos e pretos tem subtons mais quentes e que passam essa sensação (o cinza queimado é um exemplo).

2.Atenção à iluminação

Muitas vezes, a diferença entre um ambiente quente e outro frio é a iluminação. As luzes de teto e mais claras devem ser reservadas para os momentos em que você precisa mesmo de claridade, por exemplo, quando recebe muitos convidados em casa ou está arrumando o seu quarto. Mas ter fontes múltiplas de luz nos ambientes principais de casa (como a sala de estar e os quartos) é importante para ajudar no fator aconchego: varie as lâmpadas entre mais quentes e mais frias para conseguir criar um clima diferente conforme o seu desejo.

3.Tenha coisas que você ame ao redor

Mais importante do que qualquer outra coisa, é você ter ao redor objetos que ama. Uma coleção de livros especiais, aquela manta que você ganhou da sua avó quando era mais nova, uma caneca preferida para fazer chá à noite, coisas que tragam uma sensação de bem-estar e deem vontade de ficar nos cômodos de casa.

4.Coloque um cobertor no sofá

Como no inverno as pessoas gostam de ficar mais aconchegadas umas nas outras, uma boa ideia é colocar um cobertor nas costas do sofá. Escolha uma versão mais grossa e que dê vontade de jogar sobre o corpo quando você estiver sentada ali, lendo ou vendo TV.

5.Deixe cobertores extras à mão

Não quer cobrir o sofá? Sem problemas, use um cesto bonito ou uma caixa decorativa para estocar alguns cobertores em pontos chave da sua casa (como a sala), para que fiquem acessíveis para você, sua família e convidados.

6.Brinque com texturas

Se você tem paredes e chão pelados, brinque com texturas. Coloque um tapete fofinho no quarto, ao pé da cama, prenda uma manta bonita na parede atrás da cabeceira ou acima do sofá, elementos mais quentes que ajudem a tornar o ambiente mais aconchegante.

7.Almofadas

Muitas almofadas! Coloque algumas em cima da cama, outras no sofá, e abuse da quantidade. Nada mais convidativo do que deitar em cima de várias almofadas gostosas depois de um dia de trabalho ou que você passou indo de um lado para o outro.

Continuar leitura...
Anúncio Patrocinado
Clique para comentar

Deixe sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Começa, no SUS, campanha nacional de vacinação contra a gripe

mm

Publicado

em

[Veja]A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começou nesta quarta-feira na rede pública e tem como foco as crianças de um a menores de 6 anos de idade, gestantes e puérperas (com menos de 45 dias após o parto). Os demais integrantes do público-alvo da mobilização, como idosos e pacientes com doenças crônicas, serão imunizados a partir do dia 22. Quem não faz parte dos grupos prioritários pode tomar a vacina, mas ela só está disponível na rede privada, onde o preço da dose varia entre R$ 80 e R$ 130.

Nas clínicas particulares, é oferecida a dose tetravalente do imunizante, que contém vírus similares ao influenza A/Michigan/45/2015 (H1N1) pdm09, influenza A/Switzerland/8060/2017 (H3N2), influenza B/Colorado/06/2017 (linhagem B/Victoria/2/87), que estão presentes da vacina oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS), além do influenza B/Phuket/3073/2013 (linhagem B/Yamagata/16/88).

“As duas vacinas estão disponíveis na rede privada, a trivalente e a tetravalente, mas 90% da nossa demanda é pela dose com os quatro sorotipos. As pessoas buscam pela proteção maior para viajar e porque a vacina da rede pública não está disponível para todo o público”, explica Geraldo Barbosa, presidente da Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas (ABCVac).Veja também

Continuar leitura...

Entretenimento

Fast food mata mais do que cigarro e pressão alta, diz estudo

mm

Publicado

em

[O Globo]A dieta mais comumente associada à cultura ocidental — com muito sal e gordura e poucas frutas ou fibras — é responsável por mais mortes no mundo do que o fumo e a pressão alta, concluiu um estudo da Universidade de Washington (EUA), publicado na revista científica “The Lancet”.

Cerca de um quinto das mortes no mundo podem ser atribuídas à alimentação pouco saudável, que é a causa principal de doenças cardíacas, câncer e diabetes.

A pesquisa comparou as dietas, taxas de doenças e de mortes em 195 países. Ela mostrou que os maus hábitos alimentares estão se disseminando, com maior consumo de carne e menor consumo de vegetais, além da proliferação da chamada “fast food”.

Em 2017, essa dieta ruim matou 11 milhões de pessoas — 22% do total de mortes no mundo, naquele ano. O cigarro respondeu por 8 milhões de mortes, e a pressão alta, por pouco mais de 10 milhões.

A baixa ingestão de frutas e fibras e o alto consumo de sódio, presente no sal, causaram mais da metade das mortes ligadas à má alimentação. O restante está ligado ao alto consumo de carne vermelha e processada, refrigerantes e outras bebidas artificiais.

Os cientistas responsáveis pelo estudo afirmaram que, pior do que comer alimentos cheios de sal e de gordura, é não comer os saudáveis. “Políticas que promovem o consumo de comida saudável podem ter melhores efeitos do que aquelas que tentam reduzir o consumo de fast food”, disse o chefe do estudo, Ashkan Afshin, da Universidade de Washington.

Foto: Thays Bittar

Continuar leitura...

Entretenimento

Receita de ovo recheado com trufa de morango

mm

Publicado

em

[MSN] O ovo recheado com trufa de morango é um ovo de Páscoa caseiro que todos vão amar! É uma delícia e supercremoso. Aprenda a preparar:

Tempo: 1h30 (+1h de geladeira)

Rendimento: 2

Dificuldade: médio

Ingredientes do Ovo recheado com trufa de morango

  • 700g de chocolate ao leite picado

Trufa

  • 300g de chocolate branco picado
  • 1 caixa de creme de leite (200g)
  • 1/2 colher (chá) de corante em gel vermelho
  • 1 colher (sopa) de essência de morango

Modo de preparo

Para a trufa, derreta o chocolate branco em banho-maria.

Misture o creme de leite, o corante e a essência, mexendo até ficar homogêneo. Reserve na geladeira por 30 minutos.

Derreta o chocolate ao leite em banho-maria até dissolver por completo.

Transfira para o banho-maria de gelo para fazer um choque térmico, mexendo com uma espátula até o chocolate esfriar.

Despeje uma camada de chocolate sobre 4 fôrmas para ovo de Páscoa de 500g com a ajuda de uma colher, espalhando para fazer uma camada uniforme.

Vire a fôrma sobre a tigela de chocolate derretido, batendo ligeiramente para escorrer o excesso.

Limpe o excesso de chocolate da borda com uma faca lisa. Leve à geladeira por 15 minutos ou até firmar.

Repita o processo fazendo outra camada de chocolate.

Leve à geladeira por mais 15 minutos e faça uma camada generosa com a trufa, preservando 1cm da borda.

Finalize, com uma camada com o restante do chocolate e leve à geladeira até firmar.

Desenforme o ovo com cuidado. Una 2 metades, formando um ovo, e embrulhe em papel laminado, papel celofane e decore com um laço.

Mantenha na geladeira até o momento de servir.

COLABORAÇÃO: Mariana Maluf Boszczowski/
Stela Handa/Colaboradora | Produção: Maria Olinda Cabral

Continuar leitura...
Anúncio Patrocinado

EM ALTA