Connect with us

Geral

CONTAGEM REGRESSIVA: Falta 1 dia para o Dia Drummond

Avatar

Publicado

em

Compartilhe

Por A. Zarfeg

Falta tão somente 1 dia para o Dia Drummond, a ser comemorado nesta segunda-feira (31 de outubro), data do nascimento do poeta Carlos Drummond de Andrade, em 1902, em Itabira, Minas Gerais.

Sua estreia na literatura se deu propriamente, em 1930, com “Alguma Poesia”, que reúne os textos escritos nos últimos cinco anos. O livro é dedicado a Mário de Andrade.

A obra veio a público sob o signo e a motivação modernistas, de sorte que os poemas são marcados pelo coloquialismo e informalidade da nova escola, em detrimento da solenidade e formalidade das correntes parnasiano-simbolistas.

Da obra, destacam-se os temas O indivíduo – A família – O conhecimento amoroso – Paisagem e viagens – O social e a evolução dos tempos.

A partir dela, portanto, não havia dúvidas de que se tratava de um poeta original que, senhor da expressão poética, transcendia o cotidiano e o aqui/agora em busca do universal.

Enfim, Drummond havia começado com o pé direito e, doravante, tornar-se-ia um mestre…

E mestres dão lições: “Penetra surdamente no reino das palavras. / Lá estão os poemas que esperam ser escritos. / Estão paralisados, mas não há desespero, / há calma e frescura na superfície intata. / Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário”.

FALTA 1 DIA               

Para aquecer lembrar e a!mar. para rimar verso

prosa e quero-quero. para tirar versos da lapela.

para atirar coelhos pela janela. para ser mãe

mamífero e m?emória. para ser letra para

literatura e lero-lero. para ser lua vaga-lume

e lobisomem

Continue Reading
Deixe seu comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *