Connect with us

Destaque HOME

Decisões divergentes da Justiça sobre a Câmara causam insegurança e piora o já arruinado município de Itanhém

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

Compartilhe

Diante de tudo que se ouviu nos últimos meses nas redes sociais e na comunidade de um modo geral, sobre a situação porque passa o Legislativo de Itanhém, por qualquer ângulo que se queira observar, dá-se para depreender que o município já beira ao caos econômico e político, em razão da insegurança que as diversas e divergentes decisões do judiciário têm causado.

Desde que os vereadores derrotados buscaram a Justiça, alegando irregularidades na última eleição da Câmara Municipal, frequentes decisões têm sido tomadas por parte do judiciário e, com isso, a todo momento, a população recebe uma nova informação sobre a permanência ou não da mesa diretora.

Se por um lado as várias decisões buscam restabelecer direitos, por outro desestabilizam todos os setores da municipalidade, especialmente os que envolvem orçamento, saúde e educação. Afinal, projetos importantes que já poderiam ter entrado em pauta deixaram de serem apreciados por conta dessa insegurança causada por decisões divergentes da Justiça.

Sem saber quem verdadeiramente preside o Legislativo itanheense, cuja legislatura está chegando ao fim, a população teme que o município, que já está aconômico e politicamente arruinado, piore.