Connect with us

News

Enfermeira acusada de xingar e puxar cabelo de dentista em posto de saúde em Itanhém

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

Um desentendimento entre duas funcionárias da Prefeitura de Itanhém, ligadas à secretaria da Saúde, ganhou repercussão nas redes sociais nesta semana, principalmente nos grupos de WhatsApp.

Uma dentista que trabalha na Estratégia Saúde da Família, instalada na Rua Padre Roma, no bairro São João, disse que foi agredida, na tarde desta quarta-feira (17), pela enfermeira coordenadora da vigilância epidemiológica do município. Coincidentemente, as duas profissionais são parentes de dois vereadores que estão em posições politicamente opostas.

Na ocorrência registrada no dia seguinte, na Delegacia da Polícia Civil, a dentista diz ter sido agredida com puxões de cabelo, empurrões e xingamentos.

A confusão, de acordo com registros de ocorrências policial e do próprio posto de saúde, teria sido presenciada pela zeladora, pelo responsável pela farmácia e pela enfermeira que coordena o posto de saúde, além de uma paciente que veio ao local em busca de atendimento.

O Água Preta News teve acesso a um relatório sobre o episódio, que teria sido produzido e assinado pela coordenadora do posto. Nele há relatos de que a coordenadora da vigilância, “compareceu no local e deu início à discussão, com palavras de baixo calão, no momento ainda que puxou os cabelos [da dentista], agressão física, verbal e moral” (sic).

O relatório da coordenadora do posto ainda enfatiza que a chefe da vigilância epidemiológica da prefeitura precisou ser contida por duas funcionárias e que a dentista em nenhum momento revidou as agressões.

O Água Preta News ainda teve acesso ao laudo de lesões corporais assinado por dois médicos e por um escrivão da Polícia Civil, atestando que houve ofensa à integridade corporal da dentista.