Connect with us

News

Governador vem a Itanhém inaugurar obras que, em sua maioria, foram canalizadas pelo ex-prefeito Bentivi, inclusive o asfalto e a Praça da Liberdade

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

O governador Rui Costa (PT) visita a cidade de Itanhém na manhã desta segunda-feira (21), onde vai inaugurar obrar que foram idealizadas e tiveram os recursos canalizados na época em que o gestor do município era Milton Ferreira Guimarães, o Bentivi (PSB).

Das obras que serão inauguradas pelo petista apenas a pavimentação das ruas José Rezende e Alvorada, no entorno do Parque de Exposições, tem o esforço direto da prefeita Zulma Pinheiro (MDB); as demais foram projetos elaborados e recursos conseguidos junto às esferas estadual e federal pelo ex-prefeito.

Até um projeto que vai beneficiar mais de 20 famílias e que será assinar por Rui Costa para a produção de hortas comunitárias na Comunidade Quilombola dos Motas, foi idealizado pelo técnico agrícola Rogério Lopes, que foi secretário da Agricultura na gestão de Bentivi.

Além da ordem de serviço para a construção do asfalto da BA-290, no trecho que liga Itanhém ao estado de Minas Gerais, que é, em grande parte, fruto das idas e vindas de Bentivi à capital baiana, Rui Costa vai inaugurar outras obras que iniciaram na gestão anterior: a reestruturação da Praça da Liberdade, que é emenda do deputado Mário Negromonte e a Quadra Poliesportiva em Santa Rita do Planalto, que foi construída com recursos do ministério da Educação.

Sobre o asfalto, Zulma Pinheiro, na verdade, meramente imitou o gesto que Bentivi insistentemente fez durante seus dois mandatos, até conseguir o início do asfalto, que foi a elaboração do projeto de engenharia, a adequação da estrada e a construção de duas pontes modernas para receber esta grande obra.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Avatar

    Clemilton de souza cruz

    outubro 21, 2019 at 10:40 pm

    Itanhen está um caos porque esta alinhado com este governo petista maldito. Itanhen abram os olhos. Onde o pt passa deixa rastro de desgraça.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *