Connect with us

Destaque HOME

Grupo anti-Bolsonaro realiza ato em Itanhém

Publicado

em

Compartilhe

 

Um grupo de aproximadamente mil pessoas, segundo os organizadores, contrárias ao governo de Jair Bolsonaro (sem partido) realizou, na tarde deste sábado (2), uma manifestação na cidade de Itanhém, contra o que chamaram de “desgoverno federal”.

A manifestação começou por volta das 16h em frente a prefeitura, na Praça Castro Alves e prosseguiu com uma caminhada pela Avenida Maria Moreira Lisboa, encerrando por volta das 19h, em frente ao Terminal Rodoviário, na Praça Otávio Mangabeira.

O ato foi convocado por agricultores, jovens, mulheres e líderes políticos como o vice-prefeito Alex Chaves (PT) e os vereadores Agmar (Avante) e Rivelino (PMDB).

“É uma manifestação que cada pessoa vem manifestar seu descontentamento com o governo federal”, explicou Alex durante sua fala no final do ato público. “O orçamento federal está todo comprometido para manter os deputados do Centrão alinhados para salvar o presidente do impedimento”, completou.

Para o bacharel em Direito, Eliseu Binas, que discursou representando a Juventude, o governo disse que “o nosso bem mais precioso é a democracia e que o governo federal luta incansavelmente para desestabilizar o país, mas que apesar dele amanhã há de ser outro dia”.

Para a indígena Maibi Maxacali “não importa a população todos estão sofrendo com a ineficiência das políticas do governo federal”.

Dentre os discursos houve ainda falas de Beto Capixaba, representando os agricultores, Vanuza Vieira, representando as Mulheres, Luiza Guimaraes e Rafael Sued pela Juventude, Alfim Nascimento pela 3ª Idade, vereador Marcio Barbosa de Vereda, Lucia de Jesus Professora da UNEB, Irailton Assessor do deputado estadual Jacó (PT), Marcos Paulo pelos LGBTQIA+ e o secretario da Agricultura Josias Caetano. [Foto: Samara Fagundes]