Connect with us

Geral

“Hoje é o dia da menina mais fina, elegante e sincera”

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

Compartilhe

[Crônica de Edelvânio Pinheiro, do livro “Crônicas de Água Preta”, editora PerSe, São Paulo]

Eu posso dizer de alma aberta que amo o jeito dela de lidar com a vida.

Posso reafirmar, a cada dia, que sou agradecido pelo seu coração cheio de preces e sorriso de flor. Mas são as suas dedicações perfeitas que me fazem admirá-la.

Incansável, ela sempre termina o quadro que se propõe a pintar.

Sempre atenta ao seu lago azul, seu abraço e seu jeito de amar são tão belos como o mais admirável dos amanheceres.

Suas palavras, apesar de breves, têm profundezas que inundam a alma e sua elegância floresce onde quer que esteja.

Ninguém esbarra em seu jardim e fica sem conhecer o fim do caminho. As suas mãos finas e espírito delicado encorajam até o mais covarde dos homens.

Ela se atirou no desafio de salvar vidas: as mais bonitas, mais sinceras e puras. O amor que tem pelos animais é o que mais representa a sua existência, é também o que por todos os poros grita quem, na verdade, ela é.

O mundo precisa se deixar florir por pessoas como ela; que tenham a capacidade de amar, “com habilidade pra dizer mais sim do que não”. Pessoas que se joguem para as bravuras do mundo e que, como ela, nunca tenham medo de lutar.

Ela “crer no amor numa boa” e de forma magnânima consegue ver a vida “mais clara”. Ela é a dádiva inestimável de afeto.

Por tudo isso, desejo, ardentemente, que ela cresça diante do que há de mais bonito e que a sua vida seja sempre de sol, sem aqueles invernos dolorosos que, tantas vezes, persistem em encobrir a felicidade.

O que vai prevalecer para sempre em nós é a perene doçura de navegarmos juntos, apesar dos nevoeiros que teimam em nos queimar a visão, desnortear os passos e quebrar a nossa antiga bússola. Mas, com ela, eu vejo “do firmamento ao chão” e acredito que, com ela, meu barco chegará salvo ao porto, porque Deus ouve a sua oração diária de fé.

Neste 26 de novembro fica imortalizado o amor e a admiração que tenho pela minha menina mais fina, elegante e sincera: LOHANA MEHNATI.

FOTO: Lohana Mehnati em cirurgia durante aula de Medicina Veterinária da UESC.

Capa do livro “Crônicas do Água Preta”, da editora PerSe-SP, onde está a crônica “Hoje é o dia da menina mais fina, elegante e sincera”.

Continue Reading
Deixe seu comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *