Connect with us

Destaque HOME

Juiz dá 10 dias ao secretário Roberto Matoba para apresentar lista de vacinados em Itanhém

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

Compartilhe

 

O secretário da Saúde de Itanhém, o médico Roberto Matoba, tem 10 dias para prestar informações sobre o plano de vacinação contra a Covid-19, informando a quantidade de doses que o município recebeu e lista com o nome completo e idade, acompanhado pelo registro da identificação do bairro, distrito, vila ou povoado, de todas as pessoas que foram ou serão vacinados nessas primeiras etapas da vacinação, assim como a justificativa para que ele tenha recebido essa prioridade em detrimento de outrem.

A determinação proferida nesta terça-feira (9) é do juiz remoto da comarca de Itanhém, Roberto Costa de Freitas Júnior, em um mandado de segurança impetrado por Rodrigo Canela, morador do distrito de Ibirajá.

O magistrado, que é o mesmo que decidiu que a secretaria da Saúde de Eunápolis deveria prestar essas mesmas informações, indeferiu o pedido de urgência feito no mandado de segurança, mas determinou a tramitação prioritária do processo.

No total, 26 pessoas morreram por complicação da Covid-19 no município. De acordo com o boletim epidemiológico desta segunda-feira, seis pessoas aguardam resultado de exames, 2.170 apresentaram sinais de síndrome gripal e foram notificadas e 61 estão em monitoramento.

Segundo a assessoria de Imprensa da prefeitura, até esta segunda 520 pessoas haviam sido vacinadas e no último domingo o município havia recebido mais 170 doses da vacina CoronaVac, que será destinada para os trabalhadores da Saúde municipal e idosos, na faixa dos 80 anos.