Connect with us

News

Justiça obriga prefeita dar posse à diretora de escola no Salomão

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

A prefeita Zulma Pinheiro (MDB) tem o prazo de 48h para dar posse à professora Marinalva Arnholz Schneider Santos na função de diretora da Escola Municipal João Lopes de Ângelo, no distrito de Salomão, município de Itanhém. A decisão do juiz Argenildo Fernandes dos Santos foi dada na última sexta-feira (1), sob pena de pagamento de multa diária e pessoal de R$ 1.000, sem prejuízo do crime de desobediência e improbidade administrativa.

O magistrado já havia, em caráter liminar, mantido a professora na função para a qual havia sido eleita, no último dia 10 de setembro, pelo voto da comunidade estudantil.

A Comissão Seletiva Central, que foi responsável por conduzir o processo eleitoral, alegou irregularidades e cancelou a eleição. Em razão disso, a professora impetrou um mandado de segurança contra a comissão, a prefeita Zulma Pinheiro e seu irmão Álvaro Pinheiro, que é o secretário da Educação. Mas, mesmo a Justiça, na ocasião, tendo confirmado a manutenção da professora no cargo, a prefeita Zulma Pinheiro, em desobediência à decisão judicial deu posse aos demais diretores, menos à professora Marinalva.

Desta forma, a advogada Kerry Anne Esteves, que defende os interesses da professora, informou este fato à Justiça que, por sua vez, determinou o prazo de 48h para a prefeita dar posse também à Marinalva Schineider.

Foto: Marinalva Arnholz.

Dra. Kerry Anne é quem defende os interesses da professora Marinalva Schneider.