Connect with us

Notícias

Movimento “Água Preta quer água limpa” volta a debater a falta de água em Itanhém

Avatar

Publicado

em

Compartilhe

Por Edelvânio Pinheiro. Fotos: Elias Pinheiro

O movimento “Água Preta quer água limpa”, criado no ano passado por um grupo de moradores insatisfeitos com a qualidade da água que chega às torneiras das residências, voltou a debater o problema em reunião na Casa da Cultura, no centro de Itanhém, na noite desta segunda-feira (31).

Coordenado pelo enfermeiro André Correia – que se elegeu vereador nas últimas eleições municipais -, em março do ano passado o movimento organizou abaixo-assinado e colheu cerca de 1.500 assinaturas, o que levou a Justiça decidir pela suspensão, por três meses, do pagamento de contas da Embasa. Na ocasião, a pouca água que chegava às residências dos moradores estava barrenta.

Acontece que, de acordo com André Correia, a Embasa não está cumprindo com a regularidade no abastecimento e já foi registrado a falta d’água em muitos locais da cidade. “Não foi feito nenhum investimento a longo prazo para solucionar o problema de forma definitiva”, disse André à reportagem do Água Preta News. “Fizeram apenas uma obra provisória, que leva água da cachoeira à captação da Embasa”, concluiu. A cachoeira fica no rio Água Preta, a 6 km da cidade.

Na reunião desta segunda-feira foi formada uma comissão que vai representar o movimento junto às instituições. O movimento orientou os moradores a não desperdiçar água e, mais uma vez, vai solicitar, ainda esta semana, a intervenção do Ministério Público.

agua-itanhem-embasa-1

Continue Reading
Deixe seu comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *