Connect with us

Destaque HOME

Novo livro do jornalista Edelvânio Pinheiro é dedicado a Manzinho. Na obra autor agradece Zarfeg, Hinho, Edelvácio e Eliete

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

Compartilhe

 

[Da Redação] A mais nova obra do jornalista Edelvânio Pinheiro é dedicada ao empresário Wilherman Gundim Santos, o Manzinho, que morreu aos 55 anos, no dia 29 de julho de 2020, na cidade de Ilhéus, vítima da Covid-19. “Arquivos” também faz agradecimentos ao poeta e jornalista Almir Zarfeg, ao desportista Hinho Ferraz e a Edelvácio Pinheiro, que é irmão do autor, e a Eliete Pinheiro, que é prima de primeiro grau.

O quinto livro do jornalista narra acontecimentos da administração da prefeita de Itanhém, Zulma Pinheiro e de seus irmãos secretários.

“Manzinho, na atual conjuntura política do município, na minha opinião, acabou sendo um símbolo de combate à gestão da prefeita Zulma Pinheiro, por isso dediquei meu novo livro a ele e os que agradeci são, entre outras, pessoas de grande importância em minha vida, as quais, nestes quase quatro anos de produção dos textos que deram origem ao livro, me ajudaram, de uma forma ou de outra, neste projeto”, disse Edelvânio Pinheiro.

A obra foi publicada pela editora PerSe, São Paulo, neste domingo(30), dia em que o site Água Preta News, do qual o escritor é o editor-chefe, comemorou quatro anos de existência.

As 96 páginas são divididas em dois capítulos. O primeiro apresenta os principais textos jornalísticos que contam os dias sombrios da atual gestão, que teve início no dia 1º de janeiro de 2017. Já o segundo capítulo seleciona as crônicas, que narram com muita sensibilidade a luta de famílias itanheenses em busca de educação, assistência social e principalmente saúde.

As crônicas, em sua maioria, são um convite a uma reflexão sobre a que ponto uma escolha política reflete diretamente no bem-estar e na própria vida de uma população.

As outras obras do autor são “O dia em que morri pela primeira vez”, “As sandálias de Suzana e outras crônicas”, “De A a Z” e “Crônicas do Água Preta”.

O novo livro do jornalista e os demais podem ser adquiridos na própria loja da editora, acessando aqui.