Connect with us

Destaque HOME

Pecuaristas em Itanhém gastam do próprio bolso para não ficarem sem estrada

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

Compartilhe

 

Um grupo de pecuaristas em Itanhém teve que alugar uma motoniveladora para reconstruir ramal de estrada e não deixar intrafegável o acesso as suas propriedades. E veja que se trata de um ramal muito importante no município, que liga a BA-290, no trecho entre Itanhém e Batinga, à região do Córrego Seco. Todo ramal tem cerca de 10 km.

Nesta região mora 25 famílias que produzem gado de corte e leite. Se esses produtos não forem escoados causam prejuízos aos produtores e afeta diretamente a economia local.

“Vai fazer quatro anos que uma máquina passou por aqui”, lembrou Romeu Gazinelli, um dos pecuaristas que tem propriedade no Córrego Seco. “A prefeita propagou que fez todos os ramais do município e isso não é verdade”, garantiu. “A máquina até foi vista por aqui, mas seguiu para fazer outro ramal que dá acesso à fazenda do pai dela [o ex-prefeito Neco Batista]”, informou.

Além de Gazzinelli se juntaram para reconstruir a estrada os pecuaristas Mércio Botelho, Saturnino França, Antônio Motta, Patrick Correia e Adenilson Afonso, o Dena.

 

Estrada do Córrego Seco está sendo praticamente reconstruída pelos pecuaristas.