Connect with us

News

Prefeita dá emprego à esposa de presidente da Câmara e ambos são denunciados por nepotismo

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

Compartilhe

O vereador André Correia (PHS) denunciou, por prática de nepotismo, a prefeita de Itanhém, Zulma Pinheiro (MDB) e o presidente da Câmara Municipal, Sasdelli Resende (PSDB). A denúncia foi protocolada no dia 16 de maio no Ministério Público (MP).

Segundo a denúncia, a prefeita estaria cometendo ato de improbidade administrativa por haver contratado a esposa de Sasdelli Resende que, por sua vez, também estaria cometendo o mesmo crime. Ambos os políticos são aliados.

A esposa do vereador foi contratada para o cargo de auxiliar administrativo da prefeitura, por cuja função – ainda de acordo com a denuncia – recebe mensalmente R$ 2.456. Esse valor seria o resultado da soma do salário-base, que é R$ 998, mais gratificação de R$ 954 e a chamada diferença salarial, de R$ 504.

A representação feita no MP garante a “existência de evidências inequívocas de nepotismo” e argumenta que “o cargo ocupado pela esposa do presidente da Câmara não é de chefia, direção ou assessoramento, que afastaria a aplicação da Súmula Vinculante nº 13, do Supremo Tribunal Federal”. É esta súmula que, em tese, dá sustentação para a prefeita manter à frente de três secretarias seus irmãos Newton Pinheiro e Álvaro Pinheiro.