Connect with us

Destaque HOME

Prefeito de Itanhém teve celular clonado e pede para não aceitar nada em seu nome

Publicado

em

Compartilhe

 

O prefeito de Itanhém, Mildson Medeiros (PSD), teve o seu aparelho de celular clonado no final da tarde desta terça-feira (25). Nas redes sociais o mandatário pediu à população para não aceitar nada em nome dele. A mensagem foi postada por volta das 17h40.

“Olá pessoal, boa noite, tô passando pra avisar que o meu celular foi clonado, não aceite nada em meu nome, por favor”, escreveu Mildson em sua página no Facebook.

Situação semelhante ocorreu com André Correia (PP) nesta segunda (24). Criminosos virtuais clonaram o celular do vereador e pediram que seus contatos fizessem depósito em uma conta bancária.

A assessoria de Comunicação da prefeitura alerta que, comumente, os criminosos virtuais encaminham mensagens para os contatos da agenda dos aparelhos clonados para pedir dinheiro. Desta forma, qualquer mensagem do prefeito nesse sentido deve ser ignorada, até que ele possa recuperar o controle dos aplicativos do aparelho. [Jan Santos/ Ascom PMI]