Connect with us

Destaque HOME

Prefeitura apoia lutadora itanheense na disputa de cinturão de MMA em São Paulo

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

Compartilhe

 

 

Com apoio da Prefeitura de Itanhém, a lutadora de MMA, categoria Palhas, Lavínia Sá Correia Gonçalves – a “Mulher Maravilha” -, se prepara para sua estreia na disputa pelo cinturão da competição, organizada pelo Dominium UFC Championship. O evento acontece no próximo sábado (27), na cidade de Campinas, estado de São Paulo.

Quem vê o rosto angelical e o bom humor da itanheense, que tem apenas 18 anos de idade, não imagina a técnica e a força que ela tem.

Em visita ao gabinete do prefeito, acompanhada de sua mãe, Lavínia contou a Mildson Medeiros e ao vice-prefeito Alex Chaves um pouco de sua história e das dificuldades enfrentadas para chegar até aqui no MMA.

Muito simples e tranquila, ela disse que sempre gostou de jogar futebol, mas que lutar profissionalmente é um sonho de infância.
“Eu saía dos treinos de Jiu-jitsu e ia jogar bola com o pessoal no campinho!”, disse.

Os pais de Lavínia apoiam o sonho da filha. A mãe, Esliane de Sá, conta com orgulho os obstáculos superados pela filha e disse que se vê realizada nela.

“Os sonhos dos filhos são os sonhos dos filhos e nós, como país, precisamos apoiar”, afirmou, entusiasmada.

Por não ser um esporte de muita expressão em nossa cidade, Lavínia chegou a pensar que precisava treinar em grandes centros, mas, assim que começou a mostrar sua capacidade, encontrou apoio em amigos da região e, hoje, dispõe de fisioterapeuta, nutricionista e treinadores de Krav Maga e Jiu-jitsu.

Praticante de Karatê há sete anos, Lavínia dá aulas da modalidade, além de reforço escolar para juntar algum dinheiro. Ela já conquistou diversas medalhas em disputas regionais, mas, para sua estreia em São Paulo, precisa levar uma equipe, o que requer mais recursos.

Mildson e Alex se colocaram à disposição da atleta para o que puderam ajudar. Eles ainda fizeram questão de patrocinar o uniforme da equipe e, a depender do horário, quer transmitir a luta ao vivo, através de telão em um logradouro público. Uma comemoração simbólica será preparada, caso a itanheense traga o cinturão.

“Precisamos apoiar e reconhecer o esforço e a dedicação de nossos atletas. São pessoas que elevam o nome de Itanhém e ficamos felizes ao ver uma jovem como Lavínia tendo sucesso. É um desejo nosso apoiar e incentivar os talentos de nossa cidade”, ressaltou o prefeito.

“Mulher Maravilha” já é uma das mais promissoras lutadoras do extremo sul baiano e disputará o cinturão contra a oponente Laura Vieira.

Ela é uma de três lutadores que representam a Bahia, em diferentes categorias do evento, entre 80 participantes. A luta será transmitida por canal privado, no YouTube.

[Jan Santos/PMI]