Connect with us

Destaque HOME

Prefeitura de Itanhém adere ao programa “Cidade Empreendedora” do SEBRAE. Sala do Empreendedor será criada no município

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

Compartilhe

 

O município de Itanhém aderiu ao programa “Cidade Empreendedora” do SEBRAE. O objetivo é engajar a gestão pública municipal, e as lideranças locais, na promoção de políticas públicas de desenvolvimento econômico local, por meio da efetivação de um plano de ação, para o desenvolvimento dos pequenos negócios, que prevê o fortalecimento do ambiente empresarial do município.

O convênio foi assinado na última quinta-feira, dia 1º, pelo prefeito Mildson Medeiros (PSD), durante reunião com o Diretor Regional, Alex Brito, na sede da instituição, em Teixeira de Freitas.

O programa visa desburocratizar o serviço público, no que diz respeito à abertura e manutenção de empresas, incentivando o desenvolvimento do município e, por consequência, a geração de emprego e renda. Desta forma, a prefeitura quer diminuir o custo do empresário com taxas, o tempo de demora para abertura de uma empresa e facilitar para conseguir licença ambiental.

Outro benefício do Cidade Empreendedora é a capacitação dos empresários do comércio de Itanhém, com palestras, cursos e atividades focadas em melhorar o acesso ao crédito dos pequenos empresários, e o uso consciente de capital e recursos.

Para aproximar o município da instituição, será criada a “Sala do Empreendedor”, que tem como objetivo incentivar a legalização de negócios informais, que se enquadrem nos requisitos estabelecidos pela Lei, bem como facilitar a abertura de novas empresas, regularizar atividades informais, oferecer serviços aos Microempreendedores Individuais (MEI), informar e orientar sobre a abertura, funcionamento e formalização de empresas, de forma simples e facilitada.
Por parte da prefeitura, participaram ainda a Secretária de Desenvolvimento Social, Eliane Araújo, e o vice-prefeito Alex Chaves. Representando o SEBRAE, o coordenador de Negócios, Enivaldo Piloto, e o consultor Gilney Lopes. [Jan Santos/Ascom PMI]