Connect with us

Destaque HOME

Professor itanheense conquista Mestrado em Química pela UESC

mm

Publicado

em

O professor Antônio Oliveira Rocha (51) acaba de defender sua dissertação de Mestrado com o tema “Inclusão de surdos no ensino de Química em uma perspectiva de experimentação investigativa” na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) em Ilhéus/BA.

Além da orientadora, professora doutora Luana Novaes Santos, a banca examinadora contou com a participação dos professores doutores Antonio de Santana Santos e Marco Antonio Pinto.

“Foi muito gratificante, tendo em vista que a comunidade surda, como todas as minorias, tem avançado muito lentamente em suas conquistas e de certa forma eu pude contribuir com essa clientela no processo educacional”, afirmou Antônio Oliveira à reportagem do Água Preta News.

O professor, que é natural de Itanhém e atua na rede estadual de ensino desde 1993, vive em Teixeira de Freitas desde fevereiro de 2005. Em Teixeira ele atua no Centro Educacional Machado de Assis (CEMAS) com alunos do Ensino Médio.

Assim que se formou em magistério em 1986, em Itanhém, Antônio Oliveira começou a lecionar em Cruzeiro do Sul, distrito do município de Vereda, em 1989. De lá para cá, ele se licenciou em Química pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e concluiu três pós-graduações em Metodologia do ensino de Química (FIJ/RJ), Tecnologias em educação (PUC/RJ) e Ensino de Química (UCAM/RJ).

Ainda no município de Vereda, Antônio foi convidado pelo então prefeito Francisco Silva Passos, o Carlito Tanajura, para ocupar a Secretaria Municipal de Educação. Aceitou e deu uma contribuição importante com a implantação do Plano de Carreira do Magistério e, também, do Ensino Médio nos povoados de Cruzeiro do Sul e Massaranduba. “Tudo graças ao apoio da equipe de professores e diretores de escola”, ressaltou.

Perguntado como vê a educação na atualidade, ele argumentou com conhecimento de causa: “Vejo a necessidade de toda a sociedade abraçar a educação, contribuindo em todos os aspectos. O que vemos é que a família e a sociedade têm deixado a escola isolada no processo educacional e a educação só vai melhorar se família e sociedade se unirem no mesmo propósito”.

Professor Antônio Oliveira defendendo dissertação de Mestrado na UESC

Antônio Oliveira é da mesma geração dos itanheenses Almir Zarfeg, Milton Guimarães e Paulo Morais, que se destacaram como artista da palavra, gestor público e pastor evangélico respectivamente. “São grandes amigos e sempre que nos encontramos é motivo de alegria”, elogiou, acrescentando, “pois a convivência com os colegas foi muito significativa e enriquecedora”.

Zarfeg, poeta e jornalista, retribuiu: “Toninho é um amigo de ouro e vê-lo brilhar como educador é sempre motivo de orgulho para todos nós”.

FOTO DE CAPA: Antônio Oliveira e os professores doutores da banca examinadora

Destaque HOME

Cansado de esperar pela prefeita vereador solicita ao Estado construção de ponte que liga Itanhém a Minas Gerais

mm

Publicado

em

O vereador André Correia (PHS) esteve nesta terça-feira (19) na divisa de Itanhém, na Bahia, com Bertópolis, em Minas Gerais, para medir a extensão da ponte que liga os dois estados. Ele solicitou ao deputado estadual Osni Cardoso (PT) a construção da ponte sobre o Rio Umburana, que tem 19 metros de extensão.

Continua depois da publicidade:

No dia 6 de fevereiro, o Água Preta News publicou a reportagem “Ponte pode cair a qualquer momento em Itanhém na divisa com Minas Gerais”. De lá pra cá a ponte de madeira foi interditada, impedindo o trânsito de pessoas, inclusive de alunos, e o escoamento de produtos agrícolas e agropecuários.

Há relatos de que animais já morreram afogados, quando produtores rurais tentaram atravessá-los de um lado para o outro. Há risco também para os trabalhadores rurais que são obrigados a atravessar mantimentos e objetos nas costas.

“O absurdo é que o município de Itanhém arrecada mais de cinco milhões por mês e não tem condição de fazer uma ponte. Já que a prefeita Zulma e o prefeito de Bertópolis [Anjinho Depolo (PSD)] não querem fazer, um empurrando para o outro, eu vim medir para encaminhar hoje mesmo uma solicitação para o Estado, através do deputado “, disse André Correia.


Trabalhadores rurais são obrigados a atravessar mantimentos e objetos nas costas.

Relembre alguns casos:

Caminhão cai em ponte de madeira em Itanhém

Ponte desaba em Itanhém e caçamba cai dentro de córrego

Prefeita deve culpar Bentivi, mas ele construiu e recuperou mais de 50 pontes em sua administração

Continuar leitura...

Destaque HOME

Após reportagem, Renilda Chapéu diz que secretaria vai pagar exames para mãe que está vendendo rifa para tratamento de filho

mm

Publicado

em

A secretária da Saúde, Renilda Chapéu, ao tomar conhecimento da reportagem “Mãe vende rifa para pagar exames de filho especial em Itanhém” fez contato com o site Água Preta News e garantiu que a secretaria vai pagar os exames do filho de Talita Matos.

O garoto de 6 anos é imperativo e tem paralisia cerebral. Ele não fala, não anda e se desloca numa cadeira de rodas, que foi emprestada pela APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais).

De acordo com a mãe, a secretaria encaminhou a criança para exame oftalmológico em um dos mutirões promovidos pelo governo do estado, o que não deu certo em razão da sua condição especial.

O garoto precisa fazer uma refração – que identifica a acuidade visual e o grau dos óculos – sob cicloplagia, que é paralisia da pupila do globo ocular – e um exame conhecido como BERA, que serve para verificar a capacidade auditiva  e a integridade das vias que conduzem o som.

“Manda ela me procurar que vamos pagar os exames, a secretaria sempre atendeu essa senhora. Nós não temos convênio, mas vamos pagar particular para ela, já pedir a regulação para atendê-la”, garantiu a secretária ao Água Preta News.

Quanto ao fato de que a mãe da criança alega que, para evitar gastos, foi orientada a se mudar para Vitória na ocasião em que seu filho fez tratamento na capital do Espírito Santo, onde também chegou a fazer uma cirurgia, a secretária Renilda Chapeu disse que não tem conhecimento desse episódio.

“Nunca falei e nunca ouvi ninguém falando isso com ela”, finalizou.

Minutos antes e sem saber de que a secretária havia garantido de que vai pagar os dois exames de seu filho, Talita Matos postou um desabafo nas redes sociais elogiando a gestão anterior de Milton Ferreira Guimarães, o Bentivi (PSB).

“Na outra gestão nunca precisei fazer uma rifa, sempre conversava com Lidiane [secretária da Assistência Social e mulher do então prefeito] e ela tentava da melhor forma me ajudar”, escreveu.

Continuar leitura...

Destaque HOME

“Fred, o labrador amarelo”, livro de Katrine Carvalho, será homenageado pela ATL

mm

Publicado

em

Assim como outras obras lançadas em 2019 por autores teixeirenses e regionais, “Fred, o labrador amarelo” receberá homenagem especial da Academia Teixeirense de Letras (ATL) na sessão solene, marcada para as 19h30 do dia 5 de dezembro, no auditório da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas.

A 1ª obra literária da pedagoga Katrine Carvalho é dedicada às crianças e tem como protagonista um cão da raça labrador muito charmoso e amarelo. O livro é inspirado no labrador que a autora cuida desde filhote e as ilustrações são de Bruna Maciel.

A história é narrada em 1ª pessoa por ninguém menos que o próprio Fred, o labrador amarelo. Ele narra o cotidiano de sua família que, aos poucos, vai sendo adotando por diversas pessoas. A mãe e os oito irmãos e irmãs caninos. Por fim, Fred é levado para viver na casa de Carlinha, uma menina bem legal.

No início Fred fica muito triste, pois sente muita falta da mãe e dos irmãos, até mesmo do senhor Luiz, o antigo dono. Mas, depois, vai se adaptando à nova realidade.

Katrine Carvalho, no centro, com os alunos da Escola Irmã Dulce

“Li a história de Fred há pouco e gostei muito do jeito como a autora apresenta o personagem aos leitores. Enfim, com uma narrativa simples, envolvente e bastante verossímil”, elogiou Almir Zarfeg, presidente da ATL.

Katrine Carvalho participou da 2ª edição do Café com Leitura, evento promovido pelo Memorial da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas. Na ocasião, ela divulgou ainda mais a obra que vem causando sensação entre os leitores mirins.

Além de Katrine, também serão homenageados Athylla Borborema, Carla Alves, Carlos Mensitieri, Elias Botelho, Enelita Freitas, Erivan Santana, Juarez Ferreira Leite, Maurício de Novais, Raimundo Magalhães, Val Bernardino e Wilton Soares, todos autores com obras editadas em 2019.

Continuar leitura...
Anúncio Patrocinado

EM ALTA