Connect with us

Destaque HOME

Secretaria negou transporte para trazer mãe de Valentim de volta para Itanhém, diz familiares

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

A mãe de Valentim – o bebê que nasceu em Itanhém com um problema congênito, em forma de uma ferida gigante -, está na estrada de volta para a casa dos pais em Itanhém e deve chegar por volta do meio-dia.

Com todo o transporte de ônibus parado por determinação do governo do estado, Jaíne Alves da Silva, de 19 anos, saiu de Itabuna com familiares, na madrugada desta sexta-feira (3), em carro locado por amigos que ajudaram na locação e no combustível.

De acordo com a família, a secretaria da Saúde se negou buscar a mãe do bebê em Itabuna, onde o recém-nascido está em tratamento numa UTI neonatal na Santa Casa de Misericórdia.

Durante cerca de 16 horas  Jaíne ficou na recepção do hospital, como se vê na imagem de capa desta reportagem. Como o comércio de Itabuna está fechado por precaução ao coronavírus ela e uma amiga que a acompanhou durante a viagem tiveram dificuldades de se alimentar.

Jaíne disse à reportagem nesta quinta-feira (2) que foi informada por prepostos do hospital em Itabuna de que ela não teria acesso ao filho durante todo o período de seu tratamento e orientada sobre os riscos do coronavírus, que já registrou casos na cidade.

Apenas quatro dias após o parto Jaíne teve que se deslocar na ambulância, acompanhando o filho para Itabuna. De acordo com a mãe dela, Altina Alves da Silva, Jaíne está muito debilitada.

“Ela está muito fraca, está anêmica, está sem comer, sem dormir por causa desse problema do parto dela, vai ter que tomar uns remédios; o bebezinho já está bem encaminhado, está tratando, já está na UTI”, explicou.

Para completar a mãe do bebê está gripada, com dores no corpo e com a respiração cansada, o que deve requerer atenção da secretaria da Saúde porque pode se tratar de suspeita da Covid-19.

A secretaria da Saúde já havia explicado à reportagem que havia providenciado uma pousada próximo ao hospital, com alimentação e café da manhã para hospedar a mãe da criança durante o período de tratamento do recém-nascido.

Relembre:

Bebê de 2 dias que nasceu em Itanhém precisa ser transferido urgentemente para Teixeira de Freitas

Jornalistas e radialistas se sensibilizam com bebê que precisa ser transferido com urgência do hospital de Itanhém

Secretário da Saúde de Teixeira de Freitas consegue transferência do bebê de Itanhém para Itabuna

Fim da via-crúcis: “Bebê de Itanhém” foi transferido para Itabuna e já tem nome

Família quer trazer mãe enquanto bebê se recupera; “ela está muito fraca e sem comer”