Connect with us

Destaque HOME

Somente André Correia foi contra projeto para pagar 13º salário e férias a vereadores, prefeito e vice e secretários

mm

Publicado

em

Na reunião da Câmara de Itanhém desta quinta-feira (15), apenas o vereador André Correia (PHS) não votou a favor do pagamento de 13º salário e férias para vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários municipais.

O projeto de lei é de autoria dos quatro vereadores que compõem a mesa diretora do legislativo itanheense: Ronaldo Correia (PC do B), presidente, Sasdelli Resende (PSDB), vice-presidente, Valdemar Oliveira, o Dema (PT) e Luiz Marcos Villas Boas, o Marquinhos (PSB), secretários.

Entre os vereadores que votaram a favor do pagamento de 13º salário e férias está Marquinhos que, ironicamente, na reunião do último dia 5 de abril defendeu a redução, pela metade, do salário dos vereadores. Na ocasião ele fazia oposição a Zulma Pinheiro e, por diversas vezes mandou a prefeita entregar a chave da prefeitura ao vice-prefeito André Lisboa.

Dos 9 vereadores somente André Correia votou contra o projeto e vai doar o seu dinheiro extra para três instituições.

O vereador André Correia, ao ser procurado pelo Água Preta News nesta sexta-feira (15), afirmou que vai entrar com uma ação na Justiça caso o projeto se torne lei.

“Respeito a opinião dos demais colegas, mas votei contra o projeto sobre o pagamento do 13° salário e férias porque entendo que o município não está em condições financeiras favoráveis para sustentar essa despesa, que aproxima a R$ 100 mil aos cofres públicos”, disse o vereador. “Passamos recentemente por uma greve dos professores e praticamente nada foi acordado e o motivo foi a falta de recursos, mesmo motivo dos problemas da merenda escolar e da ambulância de Batinga, que ficou na oficina por mais de um ano”, explicou. “Então, diante desta situação, não posso ser a favor sesse projeto de lei, independentemente de ele ser ou não constitucional, porque foge da nossa atual realidade, da atual crise financeira, da ética e da moral”, finalizou.

Em Amambai, cidade que fica no sudoeste de Mato Grosso do Sul, a Justiça concedeu liminar em uma ação popular, que pediu a suspensão da lei municipal, que instituiu o pagamento do 13º salário aos 13 vereadores daquele município. Naquele caso, a ação popular pediu suspensão do pagamento, porque a lei que instituiu o benefício foi aprovada na mesma legislatura em que ele será pago.

Em Itanhém, estrategicamente, o projeto de lei nº 05/2018 prevê a sua entrada em vigor na data de sua publicação, mas com data retroativa a 1º de julho de 2017. Antes, porém, o projeto será enviado para a prefeita, que tem 15 dias úteis para aprovar ou recusar. No primeiro caso, o projeto torna-se lei. Caso a prefeita faça algum veto, as razões que o fundamentam são encaminhadas à Câmara, que mantém ou rejeita o veto. Como há interesse tanto por parte dos vereadores e da prefeita e seu secretariado, esse processo deve ocorrer no menor tempo possível.

A reportagem buscou cópia do projeto junto à Câmara e ao portal oficial do Legislativo. No portal não há nenhuma publicação e a sede da Câmara, vem sendo fechada às sextas-feiras por determinação da presidência.

André Correia disse que não acha correto ele ter votado contra o pagamento do 13º salário para vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários e ficar com o dinheiro, por esta razão e para contribuir com três grandes projetos sociais desenvolvidos na cidade, o vereador vai doar todo o seu recebimento extra para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), Associação Beneficente Caso do Oleiro em Itanhém (ABC do Ó) e Projeto Club Resgate de Itanhém. De acordo com André, já foram feitos os contatos com representantes dos três projetos.

Destaque HOME

Professora de Itanhém procura por documentos perdidos

mm

Publicado

em

Uma professora que mora na cidade de Itanhém sumiu uma bolsa contendo todos os seus documentos pessoais. Ludgéria Alves Gomes Pereira registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil de Itanhém nesta sexta-feira (1), mas não sabe precisar se o desaparecimento da bolsa ocorreu em Itanhém ou em Teixeira de Freitas.

A bolsa é pequena, de alça e da cor bege. Contatos podem ser feitos no WhattsApp (73) 9 9840-6101

Continuar leitura...

Destaque HOME

Vereadores votam contra solicitação de concurso público em Itanhém

mm

Publicado

em

Na reunião desta segunda-feira (25), o presidente da Câmara de Itanhém, Sasdelli Resende (PSDB) e os vereadores Ronaldo Correia (PC do B), Valdemar Oliveira (PT), Audrey Correia (PR) e Gelson Picoli (PSDB) votaram contra uma indicação de André Correia (PHS), que solicitava à prefeita Zulma Pinheiro o encaminhamento à Câmara Municipal, de um projeto de lei para a realização de concurso público.

Na verdade, desde a semana passada André Correia vem tentando pautar esta indicação, mas, segundo ele, o presidente da Câmara – que tem o poder de decidir quais matérias que devem ser colocadas em votação – não colocou o assunto em pauta.

Nestes casos, o regimento interno do Legislativo Municipal prevê que qualquer vereador pode solicita que sua indicação seja votada pelo plenário e assim foi feito, mas o pedido foi reprovado.

André Correia disse que não vai baixar a cabeça e que vai continuar fiscalizando e apresentando  projetos e indicações em defesa da população.

“Quando aceitarem”, ironizou o vereador.

Além de André Correia votaram a favor do concurso público Deilton Porto, o Caboquinho (DEM) e Luiz Marcos Villas Boas, o Marquinhos (PSB). Whindson Moreira Mendes, o Nem Mendes (PP), não estava presente.

FOTO: Vereador André Correia disse que não vai baixar a cabeça.

Continuar leitura...

Destaque HOME

Carro pega fogo em avenida movimentada de Itanhém

mm

Publicado

em

Um automóvel pegou fogo na Avenida Maria Moreira Lisboa a, mais movimentada de Itanhém, onde funciona o verdadeiro centro comercial da cidade, por volta das 11h30 desta segunda-feira (25).

O Fiat Uno cor branca, placa JOB-5766, de procedência de Serra-ES, segundo informações de populares, tinha em seu interior apenas o condutor, que não se feriu. O trânsito chegou a ficar interrompido, mas já foi liberado com a retirada do carro do local.

O fogo danificou apenas a parte frontal do automóvel. Pessoas que passavam pela avenida e comerciantes ajudaram apagando o fogo com baldes de água.

Continuar leitura...
Anúncio Patrocinado

EM ALTA