Connect with us

Destaque HOME

Varejo prevê maior crescimento de vendas no Natal em 6 anos

mm

Publicado

em

[ Márcio Pinho, do R7 ]

Estimativa é arrecadar R$ 35,9 bilhões, o que representa um incremento de 4,8% em relação a 2018 – percentual não verificado desde 2013.

O varejo brasileiro prevê o maior crescimento de vendas dos últimos seis anos para o período do Natal, segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A estimativa é arrecadar R$ 35,9 bilhões, o que representa 4,8% mais do que no ano passado.

Esse percentual na principal data para o comércio no ano não é registrado desde 2013, quando o crescimento foi de 5%. Caso essa previsão se confirme, o varejo voltará ao patamar de vendas natalinas de 2014, ano considerado o do início da crise econômica por analistas. Em 2015 e 2016, a variação chegou a ser negativa (veja abaixo).

Segundo o economista da CNC, Fabio Bentes, a previsão otimista se dá em razão de quatro fatores principais: inflação baixa, maiores prazos de crédito para o consumidor, liberação de recursos como Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) e Pis/Pasep e a leve melhora no mercado de trabalho.

“A inflação baixa, com IPCA abaixo de 3% ao ano, ajuda a preservar o poder de compra. O consumidor não sente que o dinheiro está indo embora tão rápido”, diz Bentes.

Aliado a isso, os prazos de parcelamentos estão maiores, e subiram de uma média de 7,4 meses há um ano para um período de 8,2 meses, segundo dados do Banco Central. “Isso permite que o consumidor pague parcelas menores por mês e entenda que aquela despesa cabe no bolso”, afirma Bentes.

Outro fator que estimula o crescimento, segundo o economista da Confederação Nacional do Comércio, é a injeção de recursos na economia feita pelo governo federal, que disponibilizou R$ 42 bilhões do FGTS em parcelas individuais de até R$ 500, além de liberar R$ 2 bilhões em recursos do PIS/Pasep.

“Os resultados do segundo semestre vão todos surfar nessa onda do FGTS. Ainda que seja um resultado artificial, é um resultado positivo”, diz. O Dia das Crianças, por exemplo, considerado um termômetro para o Natal, foi provavelmente o melhor dos últimos anos para o varejo – o que ainda será confirmado pelos números oficiais.

Shoppings
Os recursos extras são comemorados também pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), que tem cerca de 35 mil associados. O diretor institucional da entidade, Luís Augusto Ildefonso, destaca que esses recursos, aliados a taxa de juros mais baixa e à pequena melhora no mercado de trabalho, podem fazer a diferença.

A taxa Selic chegou a 5,5% em setembro, a menor da história, o que teve como reflexo a redução de juros dos bancos. A taxa de desemprego também caiu após chegar a 12,7% de desocupados no trimestre terminado em março e ficou em 11,8% no período de três meses terminado em agosto, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ildefonso afirma que os benefícios se darão em relação a dois grupos: “Consumidores endividados poderão abater suas dívidas entrado novamente no mercado de financiamento. A outra parte dos que não tinham dívidas vai ter uma renda extra que alimenta a vontade de comprar. Isso dá um alento para ter um Natal bom”, afirma.

Cautela

Apesar do otimismo, os especialistas ainda pedem cautela em relação a uma retomada do varejo. “Nada para soltar foguetes ainda”, ressalva Ildefonso, que afirma que o país precisa prosseguir em suas reformas e aumentando sua eficiência para que o comércio tenha a melhora desejada.

É consenso que o país precisa ter um crescimento maior para que os resultados na economia sejam mais expressivos. Bentes cita o fato de o Produto Interno Bruto (PIB) estar crescendo em torno de 1% ao ano desde 2017, o que é considerado pouco. Além disso, a queda no desemprego ainda patina, já que a pequena queda na taxa de desocupados foi acompanhada também de um aumento da informalidade. Segundo o IBGE, 41,3% dos ocupados são trabalhadores informais.

Temporários

A previsão de aumento de vendas também se reflete na contratação de temporários. Segundo a CNC, serão contratados 91 mil trabalhadores temporários neste fim de ano para atender ao aumento sazonal das vendas. O número é 4% maior do que o registrado em 2018 (87,5 mil). A Alshop prevê um número um pouco maior: 100 mil temporários.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), as contratações devem aumentar 28% em comparação com o mesmo período de 2018.

Indústria

A estimativa de melhores resultados também é compartilhada pela indústria, que prevê uma leve melhora no segundo semestre. Segundo André Rebelo, economista e assessor estratégico da presidência da Fiesp, a federação das indústrias de São Paulo, um dos pontos positivos foi a produção para o Natal, em setores como os de roupas, eletrodomésticos, embalagens e alimentos.

Rebelo afirma que a economia está em expansão, puxada principalmente pelo consumo doméstico, e que isso ajuda a indústria a se refazer de perdas decorrentes da crise argentina, o principal comprador de produtos industrializados brasileiros. A venda de automóveis, por exemplo, caiu cerca de 50%.

“Deve ser um ano melhor. A gente não sabe a intensidade da retomada, ela é lenta, não sabemos se vai engrenar e acelerar. Ou se vai enganar a gente no começo deste ano”, diz.

FOTO DE CAPA: Reprodução

Destaque HOME

Cansado de esperar pela prefeita vereador solicita ao Estado construção de ponte que liga Itanhém a Minas Gerais

mm

Publicado

em

O vereador André Correia (PHS) esteve nesta terça-feira (19) na divisa de Itanhém, na Bahia, com Bertópolis, em Minas Gerais, para medir a extensão da ponte que liga os dois estados. Ele solicitou ao deputado estadual Osni Cardoso (PT) a construção da ponte sobre o Rio Umburana, que tem 19 metros de extensão.

Continua depois da publicidade:

No dia 6 de fevereiro, o Água Preta News publicou a reportagem “Ponte pode cair a qualquer momento em Itanhém na divisa com Minas Gerais”. De lá pra cá a ponte de madeira foi interditada, impedindo o trânsito de pessoas, inclusive de alunos, e o escoamento de produtos agrícolas e agropecuários.

Há relatos de que animais já morreram afogados, quando produtores rurais tentaram atravessá-los de um lado para o outro. Há risco também para os trabalhadores rurais que são obrigados a atravessar mantimentos e objetos nas costas.

“O absurdo é que o município de Itanhém arrecada mais de cinco milhões por mês e não tem condição de fazer uma ponte. Já que a prefeita Zulma e o prefeito de Bertópolis [Anjinho Depolo (PSD)] não querem fazer, um empurrando para o outro, eu vim medir para encaminhar hoje mesmo uma solicitação para o Estado, através do deputado “, disse André Correia.


Trabalhadores rurais são obrigados a atravessar mantimentos e objetos nas costas.

Relembre alguns casos:

Caminhão cai em ponte de madeira em Itanhém

Ponte desaba em Itanhém e caçamba cai dentro de córrego

Prefeita deve culpar Bentivi, mas ele construiu e recuperou mais de 50 pontes em sua administração

Continuar leitura...

Destaque HOME

Após reportagem, Renilda Chapéu diz que secretaria vai pagar exames para mãe que está vendendo rifa para tratamento de filho

mm

Publicado

em

A secretária da Saúde, Renilda Chapéu, ao tomar conhecimento da reportagem “Mãe vende rifa para pagar exames de filho especial em Itanhém” fez contato com o site Água Preta News e garantiu que a secretaria vai pagar os exames do filho de Talita Matos.

O garoto de 6 anos é imperativo e tem paralisia cerebral. Ele não fala, não anda e se desloca numa cadeira de rodas, que foi emprestada pela APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais).

De acordo com a mãe, a secretaria encaminhou a criança para exame oftalmológico em um dos mutirões promovidos pelo governo do estado, o que não deu certo em razão da sua condição especial.

O garoto precisa fazer uma refração – que identifica a acuidade visual e o grau dos óculos – sob cicloplagia, que é paralisia da pupila do globo ocular – e um exame conhecido como BERA, que serve para verificar a capacidade auditiva  e a integridade das vias que conduzem o som.

“Manda ela me procurar que vamos pagar os exames, a secretaria sempre atendeu essa senhora. Nós não temos convênio, mas vamos pagar particular para ela, já pedir a regulação para atendê-la”, garantiu a secretária ao Água Preta News.

Quanto ao fato de que a mãe da criança alega que, para evitar gastos, foi orientada a se mudar para Vitória na ocasião em que seu filho fez tratamento na capital do Espírito Santo, onde também chegou a fazer uma cirurgia, a secretária Renilda Chapeu disse que não tem conhecimento desse episódio.

“Nunca falei e nunca ouvi ninguém falando isso com ela”, finalizou.

Minutos antes e sem saber de que a secretária havia garantido de que vai pagar os dois exames de seu filho, Talita Matos postou um desabafo nas redes sociais elogiando a gestão anterior de Milton Ferreira Guimarães, o Bentivi (PSB).

“Na outra gestão nunca precisei fazer uma rifa, sempre conversava com Lidiane [secretária da Assistência Social e mulher do então prefeito] e ela tentava da melhor forma me ajudar”, escreveu.

Continuar leitura...

Destaque HOME

“Fred, o labrador amarelo”, livro de Katrine Carvalho, será homenageado pela ATL

mm

Publicado

em

Assim como outras obras lançadas em 2019 por autores teixeirenses e regionais, “Fred, o labrador amarelo” receberá homenagem especial da Academia Teixeirense de Letras (ATL) na sessão solene, marcada para as 19h30 do dia 5 de dezembro, no auditório da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas.

A 1ª obra literária da pedagoga Katrine Carvalho é dedicada às crianças e tem como protagonista um cão da raça labrador muito charmoso e amarelo. O livro é inspirado no labrador que a autora cuida desde filhote e as ilustrações são de Bruna Maciel.

A história é narrada em 1ª pessoa por ninguém menos que o próprio Fred, o labrador amarelo. Ele narra o cotidiano de sua família que, aos poucos, vai sendo adotando por diversas pessoas. A mãe e os oito irmãos e irmãs caninos. Por fim, Fred é levado para viver na casa de Carlinha, uma menina bem legal.

No início Fred fica muito triste, pois sente muita falta da mãe e dos irmãos, até mesmo do senhor Luiz, o antigo dono. Mas, depois, vai se adaptando à nova realidade.

Katrine Carvalho, no centro, com os alunos da Escola Irmã Dulce

“Li a história de Fred há pouco e gostei muito do jeito como a autora apresenta o personagem aos leitores. Enfim, com uma narrativa simples, envolvente e bastante verossímil”, elogiou Almir Zarfeg, presidente da ATL.

Katrine Carvalho participou da 2ª edição do Café com Leitura, evento promovido pelo Memorial da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas. Na ocasião, ela divulgou ainda mais a obra que vem causando sensação entre os leitores mirins.

Além de Katrine, também serão homenageados Athylla Borborema, Carla Alves, Carlos Mensitieri, Elias Botelho, Enelita Freitas, Erivan Santana, Juarez Ferreira Leite, Maurício de Novais, Raimundo Magalhães, Val Bernardino e Wilton Soares, todos autores com obras editadas em 2019.

Continuar leitura...
Anúncio Patrocinado

EM ALTA