Connect with us

Destaque HOME

Vereador propõe sala de estabilização em hospital de Itanhém para pacientes da Covid-19 aguardarem transferência

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

Compartilhe

 

Na reunião virtual da Câmara de Itanhém, nesta segunda-feira (29), o vereador Audrey Correia (Pros) defendeu a instalação de uma sala de estabilização, no Hospital Maria Moreira Lisboa, para que pacientes com Covid-19 possa aguardar com mais segurança a transferência para outra unidade de saúde.

O chamado “requerimento verbal” proposto por Audrey Correia foi acolhido pelo presidente Deilton Porto, o Caboquinho (PP) e pelos demais vereadores presentes à sessão.

A sala de estabilização, que na proposta de Audrey Correia teria pelo menos um respirador móvel e todos os itens básicos, como oxigênio, por exemplo, tem a função de estabilizar o quadro dos pacientes em estado de urgência e emergência em um espaço reservado dentro do próprio hospital.

Audrey teve a ideia a partir do momento que seu irmão Adriano Correia, que é médico e responsável clínico por um hospital em Alagoas, mandou um vídeo falando da necessidade de um atendimento imediato aos pacientes da Covid-19 até que vagas sejam encontradas em unidades especializadas. No vídeo, o médico fala que muito provavelmente Itanhém terá “muitos pacientes com insuficiência respiratória aguda grave”, que passarão a necessitar de pelo menos uma sala de estabilização antes de ser encaminhado para outra cidade.

“O investimento não é tão alto”, disse o vereador, talvez fazendo comparação com a estrutura de um hospital de campanha. “É necessário que esta sala seja montada em nosso hospital, uma vez que quando alguém necessita ser transferido para Teixeira de Freitas ou outra cidade o tempo de espera pode durar alguns dias e esta sala vai ajudar a estabilizar o paciente até que ele seja encaminhado para tratamento específico”, completou.