Connect with us

Destaque HOME

Vídeo: Sem espaço em cemitério de Itanhém, restos mortais são desenterrados para novos sepultamentos

Edelvânio Pinheiro

Publicado

em

Compartilhe

 

A falta de espaço no cemitério da Prefeitura de Itanhém tem criado situações constrangedoras para os parentes dos mortos. Na hora do sepultamento, os familiares descobrem que para enterrar o seu ente querido foi necessário retirar ossadas de outra pessoa que havia sido enterrada ali.

Na última quinta-feira (3), o coveiro Uelson Ribeiro, o Lili, se viu obrigado a exumar um cadáver de uma sepultura para enterrar um homem que havia morrido de Covid-19. Ele chegou a gravar um vídeo, que circulou nas redes sociais, explicando a triste situação porque passa o cemitério de Itanhém.

No vídeo o coveiro, com o pé em cima dos restos mortais, explica que aquela ossada seria enterrada em outro local para dar espaço aquele novo sepultamento.